Brasileirao Série A

Com gol polêmico, São Paulo vence clássico diante do Santos e cola nos líderes do Brasileirão

Bia Palumbo
Luciano marcou o pênalti que sacramentou a vitória tricolor
Luciano marcou o pênalti que sacramentou a vitória tricolor / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

As cerca de 36 mil pessoas que foram ao Morumbi nesta segunda-feira (2) acompanhar o duelo entre São Paulo e Santos pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro viram um embate com todos os ingredientes de um clássico, com distribuição de oito cartões amarelos e polêmicas de arbitragem, sendo a maior delas no lance que originou o gol da vitória tricolor por 2 a 1.

Calleri abriu o placar de cabeça, Marcos Leonardo empatou em lance de puro oportunismo ainda no primeiro tempo e Luciano deu números finais ao converter pênalti.

"Fizemos o que a gente propôs, mas infelizmente, mais uma vez, a arbitragem vem prejudicando nosso time. Até quando? Ninguém faz nada. A bola bate na mão, isso é indiscutível. O problema é que o árbitro marca o lateral para nós, meu time todo saindo pra ir cobrar o lateral, do nada o jogador do São Paulo pega a bola na mão, o árbitro muda o lance. Essa é nossa indignação. Mais uma vez a gente é prejudicado. Quero saber até quando isso vai acontecer, já está virando uma palhaçada"

João Paulo, goleiro do Santos

Esta foi a segunda vitória do Tricolor do Morumbi no campeonato. O time de Rogério Ceni chegou a 7 pontos, subiu cinco posições e entrou no G-6, superando inclusive o Santos (6º). Corinthians, Red Bull Bragantino, Atlético-MG e Coritiba ocupam o G-4.

"Melhor eles saírem irritados e a gente ganhando do que o contrário. Graças a Deus pelos três pontos, esse jogo era muito importante. Precisávamos voltar a vencer no Brasileiro, que é muito difícil, ano passado a gente teve experiência muito ruim. Esse ano a gente está tentando aprender com os erros. Deixa o Santos reclamar e a gente comemorar a vitória. "

Luciano, atacante do São Paulo
facebooktwitterreddit