Brasileirao Série A

Base resolve, Corinthians vence de forma polêmica e volta a ser líder do Brasileirão

Bia Palumbo
Mantuan foi o artilheiro da noite em Goiânia
Mantuan foi o artilheiro da noite em Goiânia / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Brasileirão tem um novo líder: o Corinthians, que bateu o Atlético-GO pelo placar mínimo, chegou a 18 pontos e ultrapassou o rival Palmeiras, que pode retomar a ponta da classificação se vencer o atual campeão Atlético-MG no domingo (5).

Revelado no Parque São Jorge, Mantuan usou a cabeça para fazer o único gol do confronto disputado no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Mesmo improvisado como lateral-direito, o jogador resolveu quando usou sua principal característica, aparecendo dentro da área para completar uma jogada de Du Queiroz e cruzamento do lateral-esquerdo Lucas Piton, ambos formados no clube paulista.

A história poderia ter sido diferente se o árbitro Bruno Arleu de Araújo validasse o gol de Jorginho que foi anulado por impedimento quando o placar ainda estava 0 a 0. Inicialmente ele apontou para o centro do gramado, mas voltou atrás ao ser alertado pelo VAR (Daniel Nobre Bins estava no comando da equipe de vídeo), que informou impedimento do camisa 10 do Dragão no lance.

"O que faltou foi o gol. Infelizmente martelamos, mas não conseguimos concluir bem a jogada e justo contra um adversário como o Corinthians, em uma oportunidade que tiveram, fizeram o gol. Tivemos um gol legítimo mal anulado, estamos sofrendo para caramba com arbitragem. Fomos prejudicados contra o Flamengo também. O único prejudicado é o Atlético-GO. Até foi uma boa arbitragem, mas se tem o VAR, vai lá ver. Agora é tranquilidade. O campeonato da parte de baixo não é o nosso, a gente sabe disso."

Edson, meio-campista do Atlético-GO

Com apenas uma vitória em nove rodadas, o Dragão amarga a penúltima colocação no campeonato.

facebooktwitterreddit