Brasileirao Série A

Botafogo perde chance de ser líder e Inter segue fora do G-4: o que mudou no Brasileirão 2022 após jogos de sábado

Bia Palumbo
Erison é o artilheiro do Botafogo no Brasileirão
Erison é o artilheiro do Botafogo no Brasileirão / MB Media/GettyImages
facebooktwitterreddit

Equilíbrio é a palavra que define os jogos de Internacional e Botafogo na 7ª rodada do Brasileirão, visto que ambos saíram atrás do placar neste sábado (21) e mesmo após cenários diferentes na Arena Pantanal e no Estádio Independência o resultado foi o mesmo: 1 a 1.

O Inter de Mano Menezes foi até a Arena Pantanal e voltará para Porto Alegre com um ponto na bagagem. O time saiu atrás do Cuiabá com gol de Valdívia, que aplicou a 'lei do ex', incomodou bastante a defesa e ainda reclamou de penalidade ignorada pela arbitragem.

Contratado nesta temporada, Carlos de Pena evitou a derrota colorada ao converter um pênalti sofrido por Gabriel Mercado. Sendo assim, a diferença entre as equipes é de dois pontos - o Inter (10º) tem 10, enquanto o Cuiabá (15º) soma 8, mais próximo da zona de rebaixamento do que do G-6.

Já o Glorioso de General Severiano tinha a chance de assumir a ponta da classificação. No entanto, faltou inspiração a ambas as equipes. O América-MG quem saiu na frente, com Aloísio Boi Bandido e o rival parecia entregue, porém Erison, que vive grande fase, cabeceou com precisão um cruzamento de Lucas Fernandes, que entrou no segundo tempo. O próprio centroavante quase virou, mas isso não aconteceu porque o goleiro Jailson se esticou todo e defendeu o chute com o pé.

facebooktwitterreddit