Brasileirao Série A

Botafogo vence na estreia de Castro à beira do campo e quebra sequência positiva do Ceará sob o comando de Dorival

Fabio Utz
Erison marcou dois gols no duelo realizado na Arena Castelão
Erison marcou dois gols no duelo realizado na Arena Castelão / Lucas Emanuel/Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

O técnico Luís Castro é considerado uma espécie de símbolo para o novo momento do Botafogo. Pois se depender da primeira impressão a torcida alvinegra tem o que comemorar. Na estreia do português à beira do gramado, o time foi até a Arena Castelão e derrotou o Ceará por 3 a 1 pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Antes de a bola rolar, a partida era vista como um desafio e tanto para os cariocas, que vinham de um revés na abertura da Série A (3 a 1 para o Corinthians, no Nilton Santos) e tinham pela frente um rival que, além de jogar em casa, estava invicto e com 100% de aproveitamento sob o comando de Dorival Júnior - três jogos e três vitórias. Só que o gol de Victor Sá (o primeiro dele pelo time), logo aos 17 minutos, dava a entender que esta sequência do adversário poderia acabar.

É bem verdade que, ainda antes do intervalo, Lima, que viria a ser expulso mais adiante, deixou tudo igual para o Verdão. Só que, a partir daí, entrou em ação um jogador que já vinha bem no Estadual: Erison. Ele marcou dois gols, sendo o segundo de pênalti, e garantiu o triunfo ao Fogão. Prenúncio de que a era John Textor, realmente, está começando?

Para mais notícias do Botafogo, clique aqui.

Para mais notícias do Ceará, clique aqui.

facebooktwitterreddit