Bola de Ouro: quais foram os melhores do mundo no século XXI?

Antonio Mota
Lionel Messi e Cristiano Ronaldo tomaram conta da Bola de Ouro neste século
Lionel Messi e Cristiano Ronaldo tomaram conta da Bola de Ouro neste século / Philipp Schmidli/GettyImages
facebooktwitterreddit

Um dos prêmios mais cobiçados do futebol, a Bola de Ouro vai conhecer o seu novo vencedor nesta segunda-feira (17) em cerimônia de gala no Teatro de Châtelet, em Paris, onde a conceituada Revista France Football vai repassar a 66ª Ballon d'Or da história. O troféu é entregue ao “melhor do mundo” desde 1956 e é o mais tradicional do gênero – apesar dos vários equívocos históricos, como o de não premiar jogadores de fora da Europa até 1994.

Diante da chegada da Bola de Ouro 2022, o 90min Brasil decidiu listar todos os jogadores que já ganharam tal honraria no século XXI – de 2000 até aqui, incluindo o período (2010/2015) em que a revista e a Fifa unificaram os seus prêmios de melhor do mundo. Cabe notar que o prêmio não foi entregue em 2020 por conta da pandemia da Covid-19. Confira:

1. Lionel Messi (7x: 2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019 e 2021)

Um dos maiores de todos os tempos, Messi é o maior vencedor da história da Bola de Ouro. Ao longo das últimas décadas, o atual camisa 30 do Paris Saint-Germain ganhou simplesmente sete edições da premiação: 2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019 e 2021, todos durante sua jornada no Barcelona. Uma lenda viva do jogo!

Vale pontuar, porém, que a France Football decidiu ampliar os horizontes há poucos anos, em 2015, e na oportunidade reconheceu que Pelé também teria sete Bolas de Ouro: 1958, 1959, 1960, 1961, 1963, 1965 e 1970.

2. Cristiano Ronaldo (5x: 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017)

Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo é o segundo no ranking dos maiores vencedores da Bola de Ouro / Power Sport Images/GettyImages

Se tem Messi, tem Cristiano Ronaldo. O astro de Portugal e do Manchester United é o segundo jogador que mais vezes ganhou a Ballon d'Or: cinco vezes (2008, 2013, 2014, 2016 e 2017). O camisa 7 ganhou a primeira quando defendia os Red Devils e todas as outras nos anos de Real Madrid.

3. Luka Modric – Real Madrid (2018)

Luka Modric movimentou os bastidores do esporte na Europa há poucos anos, em 2018, quando foi eleito o melhor do mundo pela France Football. O ídolo do Real Madrid deixou Cristiano Ronaldo, que era o favorito, e outros nomes para trás e ergueu a Bola de Ouro após levar a Croácia à final da Copa do Mundo da Rússia e viver um baita ano com os Blancos.

4. Kaká – Milan (2007)

Kaká
Kaká foi o último representante do Brasil a erguer a Bola de Ouro / PIERRE VERDY/GettyImages

Último brasileiro a conquistar a Bola de Ouro, Kaká foi durante muitos anos apontado como o último “humano” a vencer a premiação. A brincadeira surgiu após Messi e Cristiano Ronaldo dominarem as condecorações da modalidade. O fato, porém, é que o ex-São Paulo jogou uma barbaridade em 2007 e mereceu o prêmio.

5. Fabio Cannavaro – Real Madrid (2006)

Cannavaro foi um grande zagueiro e não à toa deixou um legado no esporte. Entre os anos 1990 e 2000, o antigo destaque da Itália brilhou por grandes clubes da Europa e até conseguiu “levar” uma Bola de Ouro. Em 2006, ano em que conquistou a Copa do Mundo, o italiano chocou o planeta e ficou com o troféu – é outro mistério do esporte contemporâneo.

6. Ronaldinho Gaúcho – Barcelona (2005)

Ronaldinho
Ronaldinho levou a Ballon d'Or quando vestia a 10 do Barça / Luis Bagu/GettyImages

O que falar de Ronaldinho? O Bruxo marcou época no futebol e viveu momentos mágicos dentro dos gramados. Em 2005, o camisa 10 brincou de jogar bola com o uniforme do Barcelona e não deu chances aos adversários na disputa da Bola de Ouro. O craque jogou muito e venceu tudo o que era possível.

7. Andriy Shevchenko – Milan (2004)

Andrei Shevchenko
Ucraniano é considerado um dos maiores de todos os tempos do Milan / New Press/GettyImages

Shevchenko desbancou nomes fortes no início dos anos 2000 e ganhou uma Bola de Ouro. Apesar das contestações, o hoje ex-atacante foi o goleador máximo da Serie A Italiana e fez o seu papel... a Ballon d'Or coroou o seu futebol em 2004. Há quem diga que Deco ou Thierry Henry poderiam ter ficado com a premiação neste ano.

8. Pavel Nedved – Juventus (2003)

Ballon d'Or
Nedved pendurou as chuteiras e virou executivo da Velha Senhora / PIERRE VERDY/GettyImages

Lembra dele? Nedved viveu grandes momentos (e emoções) com a Juventus na primeira década deste século. Entre 2001 e 2009, o meio-campista comandou o time de Turim em conquistas importantes e conseguiu muito destaque individual, sendo até eleito o Bola de Ouro de 2003. Foi um bom jogador.

9. Ronaldo – Real Madrid (2002)

Zinedine Zidane, Raymond Coppa, Alfredo Di Estefano, Ronaldo, Luis Figo
Copa do Mundo, Bola de Ouro... Ronaldo ganhou tudo em 2002 / JAVIER SORIANO/GettyImages

Ronaldo conseguiu virar Fenômeno mesmo com tantas lesões e outras questões. Há 20 anos, em 2002, o histórico camisa 9 conseguiu recuperação emblemática e mostrou dentro e fora das quatro linhas que realmente era o melhor do mundo... A France Football o reconheceu. O craque foi o principal nome da Copa do Mundo daquele ano e isso fez a diferença.

10. Michael Owen – Liverpool (2001)

Michael Owen
Atacante é o responsável pelo único troféu dado a um jogador do Liverpool / Ben Radford/GettyImages

Michael Owen viveu uma temporada dos sonhos com o Liverpool em 2001, quando conquistou quatro títulos, mas, ainda assim, não era o favorito a ganhar a Bola de Ouro. Raúl, então no Real Madrid, era o favorito. Ainda assim, o destaque dos Reds levou e é o dono histórico desta conquista.

11. Luís Figo – Real Madrid (2000)

Luis Figo
Português está entre os craques que defenderam Real Madrid e Barcelona ao longo da história / MARC ALEX/GettyImages

O primeiro Bola de Ouro do século XXI foi o craque Luís Figo, que ganhou o prêmio em 2000 em meio a fase espetacular que vivia com o manto branco do Real Madrid. O atacante teve muito sucesso e destaque naquele período e manteve o legal merengue na premiação.

facebooktwitterreddit