Brasileirao Série A

Bahia vence o São Paulo e emplaca 'campanha de G-4' com Guto Ferreira – veja números

Nathália Almeida
Guto Ferreira retornou ao Bahia no início de outubro
Guto Ferreira retornou ao Bahia no início de outubro / Fernando Moreno/Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Vivendo uma situação ainda delicada na tabela de classificação - antes de entrar em campo, se via a apenas três pontos de vantagem em relação ao Sport Recife, primeiro time na zona de rebaixamento -, o Bahia adentrou o gramado da Arena Fonte Nova, neste domingo (7), precisando do triunfo sobre o São Paulo para poder respirar mais aliviado na competição.

Para a alegria dos quase 19 mil torcedores presentes no estádio tricolor, o resultado positivo veio de forma épica, graças a um golaço de Rossi já na reta final da partida. Promovido a campo por Guto Ferreira aos 26' do segundo tempo, o experiente atacante precisou apenas de cinco minutos em ação para resolver o duro confronto contra o Tricolor Paulista, selando o 1 a 0 que garantiu duas posições ao Bahia na tabela de classificação.

"Muita alegria, muito difícil ficar fora. É uma coisa que a gente ama, que é jogar futebol. Agradecer aos profissionais do Bahia, pela paciência que tiveram comigo. Contra o Santos, de voleio, foi o mais bonito da minha carreira. Mas esse foi um bonito gol e vai ficar marcado"

Rossi, em entrevista pós-jogo

O triunfo em Salvador manteve o Bahia invicto sob a regência de Guto Ferreira. Contratado no último dia 7 de outubro para o lugar de Diego Dabove, o comandante ex-Ceará soma três vitórias e quatro empates em sete compromissos, ou seja, conquistou 62% dos pontos disputados. Trata-se de um aproveitamento digno de G-4, tendo em vista que o Palmeiras, atual segundo colocado na tabela de classificação, soma 61,1% de aproveitamento no torneio.

facebooktwitterreddit