Transferências

Bahia confirma contratações de Ricardo Goulart e Marcinho para a sequência da Série B

Matheus Nunes
Ricardo Goulart recebeu a 10 do Santos, mas não correspondeu e rescindiu contrato; desde então estava sem clube e acertou com o Bahia
Ricardo Goulart recebeu a 10 do Santos, mas não correspondeu e rescindiu contrato; desde então estava sem clube e acertou com o Bahia / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

Terceiro colocado da Série B, o Bahia anunciou Marcinho e Ricardo Goulart para a sequência da temporada. Ambos já trabalham com o elenco comandado por Enderson Moreira e aquecem ainda mais a atual janela de transferências.

O meia-atacante de 31 anos começou 2022 no Santos, onde fez 30 jogos (sendo 22 como titular) e marcou quatro gols, o último deles contra o Água Santa em 19 de março, pelo Campeonato Paulista.

"É um atleta de alto nível técnico, acostumado a vencer. Tem se mantido em bom nível físico. O clube fez esforços para trazê-lo, mas ele se adequou à nossa realidade financeira, um casamento que vai nos dar alegria."

Eduardo Freeland, diretor do Bahia

Goulart retornou ao futebol brasileiro neste ano, após passagens pela China. Revelado pelo Internacional, foi no Goiás onde conquistou seu primeiro título importante da carreira, a Série B de 2012, e trabalhou com Enderson. O auge da carreira foi no Cruzeiro e ele também atuou pelo Palmeiras.

"A contratação do Marcinho foi uma das decisões importantes que tomei. Tive o prazer de trabalhar com ele na base do Botafogo, recebi ele lá junto da família quando tinha 15 para 16 anos. Lamentavelmente ele se envolveu em um acidente no qual já reconheceu seus erros, pediu perdão e tem cumprido tudo que a Justiça determina. Nosso contrato vai até o final da Série B, em novembro, e há cláusulas que protejam o clube em caso de condenação, mas enquanto a Justiça brasileira permitir que ele continue jogando o clube vai abrir as portas para ele trabalhar."

Eduardo Freeland, diretor de futebol

Questionado pela torcida, o lateral-direito Marcinho não entra em campo desde fevereiro, quando foi afastado pelo Athletico-PR. Nesta temporada foram apenas três jogos e ele pediu um voto de confiança aos tricolores.

"Sou muito grato ao clube pela oportunidade que está sendo dada para voltar a trabalhar e fazer o que eu amo. É um momento muito importante na minha carreira, um novo desafio. O que eu vivi nos últimos anos não foi nem um pouco feliz. Se eu pudesse voltar atrás teria feito totalmente diferente, mas estou aqui para poder recomeçar. Espero poder contribuir muito para o nosso objetivo que é o acesso."

Marcinho, novo lateral do Bahia

O Tricolor da Boa Terra volta a campo no sábado (6) e, caso a dupla seja regularizada pode estrear contra o CSA no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Se vencer o clube pode ultrapassar o Vasco e terminar a rodada na vice-liderança, atrás apenas do Cruzeiro.

facebooktwitterreddit