Bahia

Bahia comunica saída de treinador Diego Dabove; Guto Ferreira é favorito ao cargo

Nathália Almeida
Diego Dabove não resistiu aos maus resultados
Diego Dabove não resistiu aos maus resultados / Jorge Rodrigues/Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Durou menos do que o esperado a passagem de Diego Dabove por terras brasileiras. Oficializado como treinador do Bahia no dia 18 de agosto deste ano, o argentino de 48 anos de idade não resistiu aos maus resultados consecutivos no Brasileirão e teve sua saída definida pela diretoria do Esquadrão nesta quarta-feira (6).

Anunciado com contrato longo até dezembro de 2022, Diego Dabove se despede do Bahia após somente seis jogos disputados, com retrospecto de uma vitória, dois empates e três derrotas (28% de aproveitamento). Com 23 pontos totais, o Esquadrão ocupa a 17ª colocação do Campeonato Brasileiro, abrindo a zona de rebaixamento neste momento..

De acordo com a apuração do jornalista Elton Serra e da plataforma Goal.com, o favorito a assumir o posto de treinador do Bahia é Guto Ferreira, livre no mercado desde sua demissão no Ceará.

Confira a nota oficial do Bahia, na íntegra:

O Esporte Clube Bahia comunica que Diego Dabove não é mais o treinador do Esquadrão.

“Precisamos realizar uma correção de rumos. Não era algo que a gente gostaria de fazer, lamentamos bastante a situação, mas se a gente decidiu mudar tão rápido é uma prova de que a escolha terminou se mostrando equivocada – não no sentido da qualidade do trabalho, mas do ponto de vista de conhecimento do futebol brasileiro e do contexto do clube. Fazendo um balanço do dia a dia, dos resultados e dos desafios que temos pela frente, entendemos que essa é a medida correta no momento”, explica o presidente Guilherme Bellintani.

Junto com ele deixam o Tricolor os auxiliares Guillermo Formica e Walter Ribonetto, além do preparador físico Agustín Buscaglia.

facebooktwitterreddit