Atlético MG

Atlético-MG pode se transformar em SAF ainda em 2022; empresário procura sócio para avançar em negócio

Antonio Mota
Atlético-MG quer se transformar em clube-empresa ainda em 2022. Rubens Menin procura sócio para avançar em SAF do Galo.
Atlético-MG quer se transformar em clube-empresa ainda em 2022. Rubens Menin procura sócio para avançar em SAF do Galo. / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

Após o arquirrival Cruzeiro, o Botafogo e outros clubes, o Atlético-MG também decidiu se movimentar nos bastidores e estruturar uma SAF – isto é, mudar o modelo de administração e se tornar uma Sociedade Anônima do Futebol. Conforme informações do Jornal O Globo, o mecenas Rubens Menin, uns dos principais apoiadores financeiros do clube, é quem busca transformar o Galo em uma SAF.

Segundo informações da fonte citada, Menin está procurando um sócio para avançar com o projeto de compra do atual campeão do Estadual de Minas Gerais, da Copa do Brasil, do Campeonato Brasileiro e da Supercopa. A ideia do empresário é que todo o processo de transformação do Atlético em uma SAF seja concluído ainda nesta temporada, no decorrer do ano.

Atlético-MG Campeonato Brasileiro Copa Brasil MERCADO
Com apoio de “4 Rs”, o Galo voltou a ser protagonista no Brasil. / DOUGLAS MAGNO/GettyImages

O jornal informou ainda que Rubens Menin pretende utilizar boa parte das dívidas que o Galo tem com o próprio empresário na transação da SAF. Vale notar que, conforme o último balanço financeiro do clube, o Galo é dono de uma dívida total de cerca de R$ 1,3 bilhão.

Membro do grupo chamado “4 Rs”, formado por quarteto de empresários, Menin é um dos mecenas mais fortes do Atlético-MG. Nos últimos anos, o cartola investiu na equipe e a ajudou a se livrar de diversos problemas financeiros. Em dezembro, ele falou sobre o tema clube-empresa e se mostrou favorável, falando em “evolução do futebol”.

“Acho que o passo dado pelo Cruzeiro é um passo inteligente. Outros times já estão fazendo. Possivelmente o Atlético também o fará, do jeito certo, no momento certo, que é a profissionalização. É a evolução do futebol. E uma tendência no futebol brasileiro. Já deu certo em outros lugares”, declarou ao ‘ge’.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit