Atlético MG

Atlético-MG pode terminar o Brasileirão com a sua segunda pior campanha como mandante na era dos pontos corridos

Matheus Nunes
Cuca ainda não venceu em casa desde seu retorno ao Galo.
Cuca ainda não venceu em casa desde seu retorno ao Galo. / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit

Campeão da última edição do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG vem fazendo uma temporada bem abaixo do esperado. Na atual Série A, ocupa a sétima colocação, com 40 pontos, e não é mais um dos candidatos a levantar o troféu neste ano.

Um dos principais motivos do Galo não figurar entre os primeiros colocados é o desempenho do time jogando em casa. No Brasileirão, a equipe mineira tem um aproveitamento de 48,7% como mandante, segundo dados do ge, e não vence com a presença dos seus torcedores desde o dia 25 de junho, quando derrotou o Fortaleza por 3 a 2.

Faltando seis partidas, a pontuação máxima que o alvinegro pode alcançar no Mineirão é de 37 pontos, garantindo a terceira pior campanha do clube nos últimos 11 anos. Caso permaneça com o aproveitamento atual, terminará apenas com 27, só atrás da temporada 2017 na era dos pontos corridos, quando encerrou com 25.

Desde seu retorno ao Atlético, Cuca ainda não venceu como mandante. Os próximos dois desafios do time em casa: vai encarar o líder Palmeiras e, depois, o terceiro colocado Fluminense. Ainda neste período, visita o Avaí na Ressacada.

O Galo sempre teve bons números atuando perto da torcida. Em 2021, quando foi campeão, teve a segunda melhor campanha como mandante da história do campeonato. Em anos anteriores, a equipe ultrapassou os 40 pontos. Para terminar o Brasileirão com uma vaga na Libertadores, o time vai precisar encerrar o jejum e voltar a vencer em casa.

facebooktwitterreddit