Assim era a escalação do Vasco campeão da Copa do Brasil de 2011; confira

Pedro José Domingues
Coritiba v Vasco - Brazil Cup 2011 Final
Coritiba v Vasco - Brazil Cup 2011 Final / Heuler Andrey/Getty Images
facebooktwitterreddit

O Vasco da Gama é um dos grandes clubes do futebol brasileiro, com grande impacto esportivo e social no Brasl e no mundo em diferentes décadas. O clube carioca é detentor de seis títulos de expressão nacional, três títulos de expressão continental e possui campanhas de destaque em vários torneios intercontinentais, seja por excursões nos anos 40 e 50, Copa Toyota ou Mundial de Clubes da FIFA.

No entanto, o Gigante da Colina vive uma grande seca de títulos de expressão em sua história. O último grande título conquistado pelo Vasco foi a Copa do Brasil de 2011, que também veio após um bom hiato sem grandes conquistas - 11 anos da conquista do Brasileiro e Mercosul de 2000. Isso é retrato de uma grande crise administrativa e financeira que o clube vem vivendo com as últimas gestões, interferindo diretamente no futebol.

Em 2011, o Vasco conquistou de maneira inédita e emocionante o título da Copa do Brasil, em que enfrentou o Coritiba na final da competição. Muito se diz que aquela equipe de 2011-2012 foi a última grande equipe vascaína, que vive tempos sombrios hoje em dia. Naquela conquista, a equipe do histórico treinador Ricardo Gomes era uma das mais fortes do país, com desempenhos bem regulares e de sucesso nos campeonatos nacionais e continentais.

Com isso, a 90min relembra nessa matéria a escalação do Vaco na conquista inédita da Copa do Brasil de 2011. Confira:


Fernando Prass

Fernando Prass (esq), capitão do Vasco em 2011, em jogo do Brasileirão após a conquista da Copa do Brasil.
Fernando Prass (esq), capitão do Vasco em 2011, em jogo do Brasileirão após a conquista da Copa do Brasil. / Alexandre Loureiro/Getty Images

Contratado em 2009 para a disputa da série B, o goleiro Fernando Prass era um dos jogadores mais experientes daquele grupo, sendo muito importante em todas as campanhas nesses dois anos de sucesso. Fernando atuou no cruzmaltino no período de 2009 até 2012, sendo o quarto goleiro com mais jogos na história do clube, com 248 jogos. É considerado um dos mais relevantes arqueiros da história do Vasco.


Allan

Vasco v Avai - Brazil Cup 2011
Vasco v Avai - Brazil Cup 2011 / Buda Mendes/Getty Images

Formado pela base vascaína, o volante Allan atuou grande parte da campanha do título da Copa do Brasil improvisado na lateral-direita. Isso porque o titular Fágner estava lesionado, e o Vasco não tinha um reserva da posição. Allan foi bem, se destacou como lateral, e se transferiu para o futebol europeu, onde está até hoje - Everton-ING. Um dos melhores volantes brasileiros da atualidade.


Anderson Martins

Coritiba v Vasco - Brazil Cup 2011 Final
Coritiba v Vasco - Brazil Cup 2011 Final / Heuler Andrey/Getty Images

Pela esquerda da zaga, estava o ótimo Anderson Martins. O zagueiro foi titular absoluto do Vasco no período em que esteve emprestado em 2011, com um desempenho altíssimo atuando ao lado de Dedé. Um dos melhores zagueiros que o Vasco teve nos últimos anos. Teve outra passagem pelo clube em 2017, e atualmente defende o Bahia.


Dedé

Vasco' s Dede celebrates his goal against Universitario
Vasco' s Dede celebrates his goal against Universitario / ANTONIO SCORZA/Getty Images

Revelado pelo Volta Redonda, o zagueiro Dedé foi um dos melhores da posição no início da década, com um crescimento absurdo vestindo a camisa do Vasco, sendo convocado pela seleção e conquistando títulos pelo Cruzeiro. Dedé era o principal nome do setor defensivo do Vasco, sendo onipresente na marcação. Atualmente, se recupera de mais uma lesão no joelho no Cruzeiro.


Ramon

Coritiba v Vasco - Brazil Cup 2011 Final
Coritiba v Vasco - Brazil Cup 2011 Final / Heuler Andrey/Getty Images

O lateral-esquerdo Ramon teve bastante destaque no Vasco no período de 2009-2011, sendo peça importante na equipe cruzmaltina. Após a conquista do título, se transferiu para o Corinthians, e teve passagens por Flamengo e Besiktas antes de retornar ao Vasco em 2017. Atualmente, está em fim de contrato com o cruzmaltino, e provavelmente não irá renovar por conta de suas lesões.


Rômulo

Brazil's Vasco da Gama midfielder Romulo
Brazil's Vasco da Gama midfielder Romulo / JUAN MABROMATA/Getty Images

Outra grande revelação naquela equipe vascaína. O volante Rômulo foi uma peça de extrema importância no funcionamento do setor de meio-campo do Vasco nas campanhas das competições de 2011 e 2012, sendo convocado em algumas ocasiões. Jogou na Rússia por cinco temporadas, atuou por Flamengo e Grêmio de 2017 a 2020, e atualmente joga no futebol asiático.


Eduardo Costa

Vasco v Nautico - Brazil Cup 2011
Vasco v Nautico - Brazil Cup 2011 / Buda Mendes/Getty Images

Experiente volante com passagens por Grêmio e São Paulo, Eduardo Costa era discreto no time vascaíno, mas tinha grande importância no esquema de Ricardo Gomes. Eduardo se aposentou dos gramados em 2015 após passagem pelo Avaí.


Felipe

Vasco v Bangu - Rio de Janeiro State Championship 2011
Vasco v Bangu - Rio de Janeiro State Championship 2011 / Buda Mendes/Getty Images

Ídolo do clube, o meia/lateral Felipe era um dos líderes da equipe cruzmaltina. O "Maestro" estava em fim de carreira, mas ainda contribuia significativamente com assistências e gols no time do Vasco. Felipe se aposentou dos gramados em 2013, e é considerado um dos grandes jogadores de toda a história do Vasco.


Diego Souza

Vasco v Avai - Brazil Cup 2011
Vasco v Avai - Brazil Cup 2011 / Buda Mendes/Getty Images

Talvez em sua melhor fase na carreira, Diego Souza era a principal referência no ataque vascaíno no período em que atuou em São Januário. Diego fez dois anos impecáveis com a camisa do cruzmaltino, sendo determinante em todas as boas campanhas do clube. Atualmente defende o Grêmio.


Éder Luís

Coritiba v Vasco - Brazil Cup 2011 Final
Coritiba v Vasco - Brazil Cup 2011 Final / Heuler Andrey/Getty Images

O ponta Éder Luís teve sua melhor fase da carreira quando atuava pelo Vasco, em 2011 e 2012. Éder formava um lado direito muito forte na presença de Fágner e Allan, sendo uma das principais armas ofensivas da equipe vascaína com sua velocidade e drible. Atualmente tem 35 anos e defende o Uberlândia, que disputa a Série D.


Alecsandro

Vasco v Coritiba - Brazil Cup 2011
Vasco v Coritiba - Brazil Cup 2011 / Buda Mendes/Getty Images

O atacante Alecsandro viveu grande fase da carreira com a camisa do Vasco, e teve talvez sua melhor fase artilheira, sendo um dos principais artilheiros do clube carioca no século XXI - 38 gols no período 2011-2012. "Alecgol" teve papel determinante na conquista da CDB, marcando dois gols na final contra o Coritiba. Hoje, é jogador do Figueirense.


Fágner

Vasco v Fluminense - Brazilian Serie A
Vasco v Fluminense - Brazilian Serie A / Buda Mendes/Getty Images

O lateral-direito Fágner chegou ao Vasco da Gama em 2009 após período no futebol holandês, e teve uma ótima passagem pelo clube carioca. O lateral ficou no Vasco de 2009 até 2013, sendo um dos principais jogadores da equipe em todo o período com a camisa cruzmaltina. Fágner é jogador do Corinthians desde 2015, e disputou a Copa de 2018 com a seleção brasileira. Um dos melhores e mais regulares da posição nessa década.

facebooktwitterreddit