Às vésperas da Champions League, trio experiente do Barcelona sequer estreou em LaLiga

Lucas Humberto
Líder da zaga culé em outros idos, Piqué perdeu espaço para jovens em crescimento e recém-contratados
Líder da zaga culé em outros idos, Piqué perdeu espaço para jovens em crescimento e recém-contratados / Alex Caparros/GettyImages
facebooktwitterreddit

Depois de um mercado de verão para lá de intenso, era de se esperar que algumas peças de Xavi Hernández encontrassem dificuldades para ter minutos em campo. Acontece que há três nomes que sequer saíram do banco de reservas nas quatro partidas oficiais disputadas pelo Barcelona até agora na temporada – Rayo Vallecano, Real Sociedad, Real Valladolid e Sevilla.

Estamos falando de Gerard Piqué, Miralem Pjanić e Memphis Depay. A conta, claro, não considera Héctor Bellerín e Marcos Alonso, visto que ambos chegaram ao Barça nos últimos instantes da janela de transferências. O trio “esquecido” e a dupla recém-contratada têm expectativa de ir a campo nesta quarta-feira, 7, quando os culés estreiam na Champions League contra o Viktoria Plzeň, da República Tcheca.

Memphis Depay, atacante do Barcelona
Depay (centro) no banco de reservas / Soccrates Images/GettyImages

Líder da defesa blaugrana em outros idos, Piqué assumiu um papel de coadjuvante no Camp Nou diante do crescimento de Eric García e Ronald Araújo. Isso sem falar das contratações de Koundé e Christensen. A situação esportiva de Depay é semelhante. Longe de ser o primeiro da fila, o holandês esteve muito próximo da porta de saída, mas as exigências salariais barraram a transferência.

Futuro de Pjanic em aberto

Miralem Pjanic agradou Xavi na pré-temporada. Algo que, obviamente, não anula o fato de o bósnio não estar entre as principais opções do comandante. Diante disso, uma negociação envolvendo o volante não está descartada. De acordo com informações de Fabrizio Romano, especialista no mercado da bola, o Sharjah FC, dos Emirados Árabes, está interessado no serviço do ex-Juventus.

As partes discutem um contrato de três anos. Por ora, os culés estão aguardando o aval do atleta de 32 anos para dar sequência nas conversas. No Barcelona desde 2020, Pjanic nunca teve status de unanimidade na Catalunha. Não à toa passou por um período de empréstimo no Besiktas, da Turquia, onde disputou 26 partidas e contribuiu com quatro assistências.

facebooktwitterreddit