Brasileirao Série A

As prováveis escalações de Corinthians e Inter para jogo da 25ª rodada do Brasileirão

Lucas Humberto
Rivais interestaduais protagonizam um duelo repleto de elementos extracampo
Rivais interestaduais protagonizam um duelo repleto de elementos extracampo / Silvio Avila/GettyImages
facebooktwitterreddit

Yuri Alberto, briga direta pelo G4 da Série A, extracampo marcado por polêmicas e provocações... há muitos elementos que fazem deste Corinthians x Internacional um dos confrontos mais interessantes da 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Além das características citadas, é sempre bom lembrar que estamos falando de uma das maiores rivalidades interestaduais do país. As equipes se enfrentam a partir das 16h de Brasília deste domingo, 4, na Neo Química Arena. Abaixo, você confere as prováveis escalações de cada time.

A provável escalação do Corinthians contra o Internacional (4-3- 3)

GOL: Cássio – com lugar garantido entre os melhores goleiros do país em 2022, o ídolo da Fiel segue incansável na missão de quebrar recordes.

LD: Fagner – embora ainda esteja longe dos seus melhores dias, o lateral está entre as peças do elenco com maior capacidade de mudar o rumo de confrontos pesados.

ZAG: Gil – titular em três dos cinco últimos compromissos do Timão na temporada, o experiente defensor parece ter se firmado como titular independente do rodízio.

ZAG: Balbuena – o retorno do General fez bem demais ao elenco alvinegro. Aliás, por vezes, parece que o paraguaio sequer saiu.

LE: Fábio Santos – em processo de renovação contratual, o experiente lateral deve ganhar a vaga de Lucas Piton, que saiu machucado durante a vitória do Corinthians sobre o RB Bragantino, por 1 a 0.

VOL: Víctor Cantillo – dono de passes longos e precisos, o colombiano deve ser o escolhido para substituir o suspenso Du Queiroz. Roni também está entre as opções.

VOL: Fausto Vera – a crescente exponencial do argentino chama atenção. Cada vez mais seguro e confiante, o meia vai tomando conta do setor com qualidade.

MEI: Renato Augusto – ausência em compromissos importantes em razão de questões físicas, o camisa 8 retornou em sua melhor versão: a de referência absoluta.

ATA: Gustavo Mosquito – autor do solitário gol da vitória alvinegra sobre o Massa Bruta, o camisa 19 ganhou de vez a confiança de Vítor Pereira.

ATA: Róger Guedes – participativo, incansável e brigador, o camisa 10 vai aos poucos se transformando no atacante que a Fiel sempre pediu.

ATA: Yuri Alberto – o camisa 9 do Timão está entre os principais personagens do confronto antes mesmo do apito inicial soar. Resta saber quais serão os efeitos disso. Lei do ex?


A provável escalação do Internacional contra o Corinthians (4-4-1-1)

GOL: Daniel – o goleiro do Colorado não sofre um gol sequer em tempo regulamentar desde a derrota para o Palmeiras, em 24 de julho. Imagina a moral...

LD: Bustos  – dono da lateral-direita do Inter, o argentino até pode não ser unanimidade, mas ganhou a confiança de Mano Menezes.

ZAG: Vitão – seguro e confiável, o zagueiro caiu de vez nas graças da torcida, que não raramente pede pela sua sequência em 2023.

ZAG: Mercado – referência em passes precisos, cortes, interceptações e duelos ganhos, o argentino trouxe a solidez que a equipe precisava para sonhar mais alto.

LE: Renê – o lateral-esquerdo chegou sob críticas e aos poucos vai construindo uma bela reputação. Entre suas armas está a qualidade no último terço. Pode ser um diferencial...

VOL: Gabriel – se a lei do ex vale para Yuri Alberto, imagina para Gabriel, que possui ainda mais história pelo Timão. Em Porto Alegre, o meia se reinventou. Será outro baita reencontro.

VOL: Johnny – a ascensão, superação e consolidação do meia norte-americano chama atenção. Mesmo diante das críticas, ele assumiu o lugar de Edenilson e segue mostrando que pode ir longe.

MEI: Carlos de Pena – o processo de renovação contratual do uruguaio é uma grande notícia para a torcida. Não é incomum que os melhores lances do time passem pelos pés do meia-atacante.

MEI: Maurício – o meia-atacante pegou uma rara oportunidade de titularidade, agarrou e não largou mais. Ele se reinventou e, hoje, desperta atenção de outros mercados.

ATA: Wanderson – pilar de Mano Menezes, o atacante está tranquilamente entre as melhores contratação do clube nos últimos anos.

ATA: Alemão – talvez nem a própria torcida esperava tamanha evolução do atacante. Mas ele veio para se estabelecer como referência ofensiva. E está conseguindo...

facebooktwitterreddit