Brasileirao Série A

As prováveis escalações de Bragantino e Palmeiras para jogo da 25ª rodada do Brasileirão

Fabio Utz
Partida entre paulistas ocorre neste sábado, em Bragança Paulista
Partida entre paulistas ocorre neste sábado, em Bragança Paulista / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

Red Bull Bragantino e Palmeiras fazem duelo paulista pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Verdão, ĺider da Série A, deseja manter sua caminhada rumo ao título. Por sua vez, o Massa Bruta quer mais é entrar novamente em uma curva ascendente e se recuperar dos últimos resultados ruins. Veja as prováveis escalações para o duelo das 19h deste sábado, em Bragança Paulista.

A provável escalação do Red Bull Bragantino contra o Palmeiras (4-4-2):

GOL: Cleiton – aos 25 anos, garante muita segurança à meta do Massa Bruta. Está no clube desde 2020.

LD: Luan Cândido – é um dos principais nomes de sua posição no Brasileirão. Isso que tem apenas 21 anos. O futuro é promissor.

ZAG - Natan – oriundo do Flamengo, é uma das apostas de futuro do Massa Bruta. Por enquanto, vem dando conta do recado.

ZAG: Léo Ortiz – capitão do Bragantino, já foi convocado até por Tite para a seleção brasileira. Trata-se de um nome afirmado.

LE: Aderlan – tem uma história de rodagem por clubes de pequeno porte, mas encontrou seu espaço no Nabi Abi Chedid. É lateral-direito de origem e atua improvisado na esquerda.

VOL: Lucas Evangelista – formado no São Paulo, o atleta de 27 anos tem rodagem pelo futebol europeu, em países como Itália, França e Portugal.

MEI: Helinho – é outra jovem aposta do Bragantino. Com apenas 22 anos, foi trazido do São Paulo.

MEI: Praxedes – é o centro do meio-campo do Bragantino. Todas as ações ofensivas passam pelos seus pés. O clube investiu alto para tirá-lo do Inter.

MEI: Hyoran – está emprestado ao Bragantino pelo Atlético-MG. Ainda não correspondeu o esperado.

ATA: Sorriso – foi destaque do Juventude no Brasileirão do ano passado, e o Bragantino apostou no seu futebol.

ATA: Artur – trata-se da grande joia do Bragantino. Ele ficou muito tempo lesionado, mas é um diferencial da equipe. Tem 24 anos.

A provável escalação do Palmeiras contra o Red Bull Bragantino (4-4-2):

GOL: Weverton – não à toa faz parte do grupo da seleção brasileira que irá disputar a Copa do Mundo. É considerado uma verdadeira muralha e melhor nome de sua posição em atividade no futebol nacional.

LD: Marcos Rocha – o lateral-direito está acostumado com jogo grande. Sua história de
títulos e competições de alto gabarito lhe garantem a condição de titular da equipe de Abel Ferreira.

ZAG: Gustavo Gómez – trata-se, nada menos, do capital palmeirense. Jogador de garra, ao
mesmo tempo se impõe com imensa facilidade e ainda aparece na área adversária para marcar alguns gols pelo alto.

ZAG: Murilo – é titular, e com justiça. Herói na disputa por pênaltis contra o Atlético-MG pela Copa Libertadores, o jovem zagueiro assumiu de vez a posição ao lado de Gómez, deixando Luan como opção entre os reservas.

LE: Joaquín Piquerez – uruguaio bom de bola (aliás, só o Palmeiras que descobre esses gringos?), é efetivo atrás e na frente. Ou seja, cumpre exatamente o que se espera de um lateral. O garoto Vanderlan é obrigado a esperar uma oportunidade.

VOL: Danilo – responsável por garantir a solidez ao setor de meio-campo do Verdão, trata-se de um dos jovens com maior potencial de mercado no exterior. Seu futuro é na seleção brasileira, com toda a certeza.

VOL: Zé Rafael – no futebol, nada é feito sem equilíbrio. Pois Zé Rafael tem a responsabilidade de ajudar atrás e chegar à frente. E ele faz ambas as funções do meio-campo com extrema competência.

MEI: Bruno Tabata – com a lesão de Raphael Veiga, o meia ganha sequência no time. Reina muita expectativa para saber o quanto pode render este jogador que recém foi contratado pelo Verdão.

MEI: Gustavo Scarpa – estamos falando do principal garçom do Palmeiras na temporada. Além disso, é o homem das bolas paradas.

ATA: Dudu – é a estrela da companhia. Atacante veloz, tem um incrível poder de decisão. Virou ídolo da torcida não por acaso, e sua presença em campo é sinônimo de pânico para a defesa adversária.

ATA: Rony – ele não é centroavante de carteirinha, mas mesmo assim tem a confiança do técnico Abel Ferreira para fazer a função de referência no ataque do Palmeiras. Merentiel e Flaco López que esperem uma brecha...

facebooktwitterreddit