Grêmio

As principais chaves para o Grêmio acreditar em uma virada contra o Del Valle

Fabio Utz
Apr 12, 2021, 9:48 AM GMT-3
Diego Souza e Ferreira têm alto poder de decisão
Diego Souza e Ferreira têm alto poder de decisão / Pool/Getty Images
facebooktwitterreddit

Vitória. Esta é a palavra que precisa servir como mantra para o Grêmio até quarta-feira, quando o time gaúcho recebe o Independiente del Valle-EQU pela rodada de volta da terceira etapa da Libertadores. Depois de perder por 2 a 1 na última sexta, no Paraguai, o Tricolor precisa ganhar para seguir à fase de grupos do torneio. E é com base em algumas situações que o torcedor e o próprio clube podem acreditar na virada. Vamos a eles?

1. Histórico

Grêmio Libertadores Independiente del Valle Virada
Em 2013, Tricolor passou pela LDU / JEFFERSON BERNARDES/Getty Images

O Grêmio nunca foi eliminado na chamada pré-Libertadores. Em 2011, passou pelo Liverpool, do Uruguai, e em 2013, pela LDU, do Equador. Coincidência ou não, sempre decidiu em casa e em nenhuma das ocasiões venceu o jogo de ida - 2 x 2 em Montevidéu e 0 x 1 em Quito.

2. Retorno de atletas

Walter Kannemann Grêmio Libertadores Virada Independiente del Valle
Kannemann tende a ser uma das novidades da equipe / Lucas Uebel/Getty Images

O zagueiro Kannemann e o volante Maicon tendem a estar em campo na Arena, o que já agrega experiência e qualidade ao time. Também não se descarta a presença de Jean Pyerre. Com isso, naturalmente o time tende a dar uma encorpada.

3. Poder de decisão de atletas

Diego Souza Ferreira Grêmio Libertadores Virada independiente del Valle
Dupla de ataque ainda consegue se sobressair / SILVIO AVILA/Getty Images

O time titular do Grêmio, há muito tempo, não consegue jogar bem. Mas, mesmo neste período turbulento, Ferreira e Diego Souza se destacaram - até na péssima atuação de Assunção ambos conseguiram mostrar algo acima dos demais. Para quem precisa de vitória, contar com a dupla em alta é decisivo.

facebooktwitterreddit