As 8 transferências mais inteligentes das últimas temporadas

Marc-Andre Ter Stegen
Com Ter Stegen e outros astros: veja 7 das transferências mais inteligentes das últimas temporadas. | David Ramos/Getty Images

O mercado de transferências do futebol abre a cada semestre e vários jogadores, entre empréstimos, trocas, vendas e compras, são negociados. Contudo, ao mesmo tempo em que milhares de atletas trocam de ares, apenas alguns conseguem, de fato, entregar o que se esperava ou até mais em seu novo clube, como foi no caso dos 7 craques listados abaixo. Confira:   

1. Jadon Sancho

Jadon Sancho
Jadon Sancho vai sair ou não do Borussia Dortmund? Man. United e outros gigantes estão de olho. | Lars Baron/Getty Images

Será que os ingleses se arrependeram? O Manchester City vendeu o cobiçado Jadon Sancho ao Borussia Dortmund por ‘apenas’ 7,8 milhões de euros há quase 3 anos (2017). Hoje, com o sucesso do craque em solo alemão, o BVB pode arrecadar mais de 100 milhões de euros em uma eventual negociação do meia-atacante.

2. Riyad Mahrez

Riyad Mahrez
Riyad Mahrez rendeu demais aos envolvidos. | Shaun Botterill/Getty Images

Negociação de sucesso! O Leicester City pagou apenas 500 mil euros ao Le Havre-FRA, em 2014, para ter o argelino Riyad Mahrez. Já em 2018, com o meia sendo um dos ídolos do clube, The Foxes o venderam por 67,8 milhões de euros para o Manchester City. Sem dúvidas, uma grande negociação para todos, incluindo para os milionários citizens.

3. N'Golo Kanté

FBL-ENG-PR-CHELSEA-WEST BROM
Chelsea e Leicester ficaram felizes com o sucesso de N'Golo Kanté. | ADRIAN DENNIS/Getty Images

Outra grande sacada do Leicester. Em 2015, o moderno clube inglês pagou 9 milhões de euros ao Caen-FRA para ficar com Kanté. Já na temporada seguinte, em 2016, o time o vendeu por mais de 35 milhões de euros ao Chelsea – onde ele brilha desde então.

4. Robert Lewandowski

Robert Lewandowski
Lewandowski pulou o muro, se consolidou e hoje é um dos maiores artilheiros do planeta. | Boris Streubel/Getty Images

O Borussia Dortmund, sem dúvidas, sabe como ganhar dinheiro. Porém, no caso Lewandowski, o BVB só teve ganhos dentro das quatro linhas, já que pagou 4,75 milhões de euros tirá-lo do Lech Posen, da Polônia, e o perdeu de graça para o arquirrival Bayern de Munique. À época, o camisa 9 tinha o seu preço estipulado em 50 milhões de euros. Os Bávaros, por sua vez, só tiveram lucros, visto que ficaram com o craque sem custos e ainda conquistaram vários títulos com a ajuda do goleador.

5. Raphaël Varane

FBL-ESP-REAL MADRID-RAYO VALLECANO
Será que Varane deu certo no Real Madrid? Ganhou tudo e mais um pouco. | PIERRE-PHILIPPE MARCOU/Getty Images

O Real Madrid pagou, em 2011, 'risórios' 10 milhões de euros ao Lens-FRA para ter Varane em definitivo. Hoje, para tirá-lo do Bernabéu, o interessado tem que desembolsar ao menos 64 milhões de euros. Vale lembrar aqui de todos os títulos e do crescimento do monstro nos últimos anos.

6. Ter Stegen

Marc-Andre Ter Stegen
Ter Stegen chegou, ganhou espaço e hoje é, para muitos, o melhor goleiro do mundo. | David Ramos/Getty Images

O Barcelona comprou Ter Stegen, do Borussia Mönchengladbach, por 12 milhões de euros em 2014. Atualmente, além de ter um passe muito mais caro – de cerca de 72 milhões de euros –, o goleiro ainda aparece como um dos melhores do mundo. Com certeza foi um grande negócio.

Cabe lembrar que ele vem sendo cobiçado por outros clubes e que suas negociações por renovação com o Barça estão emperradas.

7. Toni Kroos

FBL-WCLUB-2014-MAR-REALMADRID-TRAINING
Kroos chegou ao Real Madrid em 2014... o resto é história. | JAVIER SORIANO/Getty Images

O Real Madrid, como visto em outros nomes na lista, aproveita 'oportunidades' como poucos clubes no mundo. Em 2014, por exemplo, o clube merengue pagou apenas 25 milhões de euros ao Bayern de Munique para ter Toni Kroos. Ídolo, o alemão se valorizou muito nas últimas temporadas – o seu valor de mercado na atualidade é de 48 milhões de euros – e ainda deu um ganho técnico e tático absurdo ao time espanhol.

8. Pablo Marí

Pablo Mari
O Flamengo lucrou, e muito, com Pablo Marí. | Robin Jones/Getty Images

O Flamengo comprou Pablo Marí, que pertencia ao Manchester City, por apenas R$ 5 milhões, em julho de 2019. Já no final do ano, com o título da Copa Libertadores e do Brasileirão, o Mais Querido vendeu o defensor espanhol por cerca de R$ 95 milhões – incluindo o valor pago pelo empréstimo e pela venda definitiva – ao Arsenal. Os valores não são tão altos quanto os de outros da lista, mas, para o mercado sul-americano, com certeza valeu a pena.