Futebol Internacional

As 8 maiores viradas da história do futebol

Bia Palumbo
Neymar brilhou em um dos jogos mais marcantes da história da Champions League
Neymar brilhou em um dos jogos mais marcantes da história da Champions League / Laurence Griffiths/GettyImages
Este artigo é trazido a você por:
Jurassic World: Domínio
facebooktwitterreddit

A vida é feita de desafios e o futebol é um exemplo disso. Ainda mais quando você consegue superá-los dando a volta por cima, principalmente se isso acontecer depois de lesões, expulsões ou gols anulados. Nesse caso, a vitória tem um gostinho especial. E isso pode acontecer em diversos gramados mundo afora, então o 90min te convida a fazer uma viagem no tempo para relembrar alguns jogos inesquecíveis.

Liverpool 3 x 3 Milan - 2005

Steven Gerrard
Liverpool possui seis títulos da Champions League, um deles conquistado na temporada 2004/05 / Etsuo Hara/GettyImages

Conhecido como "Milagre de Istambul", esse jogo é um dos mais emblemáticos, até porque trata-se de uma final única de Champions League. Além do placar, os personagens que construíram essa história ao longo dos 120 minutos inspiraram cineastas mundo afora a produzirem pelo menos duas obras sobre o que aconteceu naquele 25 de maio de 2005.

O Milan abriu 3 a 0 logo no primeiro tempo, com Paolo Maldini e dois gols de Hernán Crespo. O título parecia questão de tempo, mas tudo mudou em cerca de seis minutos, quando Gerrard, Smicer e Xabi Alonso, de pênalti, empataram. Então a partir daí alguns coadjuvantes se tornaram protagonistas, como o meio-campista alemão Dietmar Hamann, dos Reds, que revelou estar com o pé quebrado ao converter o pênalti na disputa final e o goleiro Jerzy Dudek, que defendeu um chute de Shevchenko na prorrogação e mais duas penalidades, uma de Pirlo e outra do próprio ucraniano. Goleiro do Milan, o brasileiro Dida também pegou a bola de Riise, mas o placar terminou 3 a 2 e então a equipe inglesa levantou a taça.

Boca Juniors 4 x 5 River Plate - 1972

A maior rivalidade do futebol argentino em termos de torcida e de conquistas do campeonato nacional teve um capítulo importante na década de 70. Ele está na lista dos jogos mais empolgantes da história daquele que é considerado por muitos um dos maiores clássicos do futebol mundial. O palco era o estádio do Vélez Sarsfield e torcedores ficaram boquiabertos com o que aconteceu naquele 15 de outubro.

Os Millonarios começaram em um ritmo avassalador, com gols de Mastrángelo e Más e aos 13 minutos a torcida comemorou mais uma vez quando Pérez pegou um pênalti de Suñé. O cenário mudou a partir dos 24 minutos, quando Curioni diminuiu. Ponce e Potente, duas vezes, viraram o placar para 4 a 2. Mas aquele era um dia de reviravoltas, então Más e Morete, duas vezes, marcaram para selar a vitória alvirrubra.

Alemanha Ocidental 3 x 2 Hungria - 1954

1954 World Cup Goal
Autor de dois gols, Helmut Rahn foi o grande nome daquela final / Keystone/GettyImages

Este caso aconteceu em nada mais, nada menos do que uma final de Copa do Mundo, quando a até então invicta seleção de Puskás fez 2 a 0 em menos de oito minutos, sendo um gol do camisa 10 e outro de Czibor. Porém, Morlock diminuiu aos 10 para 2 a 1 e depois foi a vez de brilhar a estrela de Rahn, autor de dois gols. E assim surgiu o "Milagre de Berna", em referência à cidade suíça que recebeu o confronto. Este foi o primeiro título da tetracampeã mundial, que repetiu a dose em 1974, 1990, 2014.

Angola 4 x 4 Mali - 2010

African Nations Cup: Opening Ceremony
Jogo de oito gols na rodada de abertura da Copa Africana de Nações em 2010 / Gallo Images/GettyImages

Esta é, sem dúvida, uma das partidas mais empolgantes do futebol africano. Isso porque logo na abertura da Copa Africana de Nações, o principal campeonato entre seleções do continente, Gilberto, Manucho e Flávio, duas vezes, marcaram e a Angola vencia por 4 a 0 até os 33 do segundo tempo, quando Seydou Keita descontou. A volta por cima do Mali aconteceu de forma impressionante, com quatro gols em 15 minutos, porque o ex-jogador do Barça fez outro, Kanouté e Yatabaré, nos acréscimos.

Alemanha 4 x 4 Suécia - 2012

Ibrahimovic atacante Suecia
Ibrahimovic vivenciou uma noite histórica em Berlim / PATRIK STOLLARZ/GettyImages

Ícones do futebol mundial como Manuel Neuer, Miroslav Klose e Zlatan Ibrahimovic estavam em campo no Estádio Olímpico de Berlim. O confronto valia pelas Eliminatórias da Copa do Mundo e o artilheiro alemão deu o cartão de visitas em dose dupla nos primeiros 15 minutos. Meretesacker ampliou e o time de Joachim Löw foi para o intervalo com 3 a 0 a favor. A situação parecia resolvida quando Özil anotou o quarto, porém seis minutos depois Ibrahimovic diminuiu. Os suecos então foram para cima e conseguiram arrancar o empate com Lustig, Elmander e Elm, que balançou a rede aos 48 do segundo tempo.

Barcelona 6 x 1 PSG - 2017

Neymar
Última temporada de Neymar no Barça foi marcante / Laurence Griffiths/GettyImages

O 8 de março de 2017 é um dos jogos mais marcantes da carreira de Neymar. O Barça tinha perdido por 4 a 0 em Paris, mas conseguiu reverter a vantagem no Camp Nou. Luis Suárez demorou apenas três minutos para fazer um gol, mas o time catalão ampliou apenas aos 40, graças a um gol contra de Kurzawa. Mas a etapa final foi emocionante: Messi converteu pênalti, depois Cavani diminuiu, mas nada que freasse o ímpeto dos mandantes. Então Neymar marcou dois gols em três minutos, sendo um deles aos 46 do segundo tempo, e Sergi Roberto completou a festa.

Charlton 7 x 6 Huddersfield Town - 1957

Dois clubes tradicionais do futebol inglês protagonizaram um confronto eletrizante durante a temporada 1957/58 em Londres. O Charlton Athletic ficou com um homem a menos logo no começo, porque o capitão Derek Ufton se machucou e na época não era permitido fazer substituição. Sendo assim, o Huddersfield Town aproveitou para fazer 5 a 1 com Bain (2), Massie, McGarry e Ledger. John Ryan fez mais um para os Addicks, mas o grande craque do jogo foi Johnny Summers, autor de um poker-trick, ou seja, quatro bolas na rede. Na reta final Ryan marcou e Howard ainda anotou o sexto dos Terriers, mas foi o lado vermelho quem se deu bem naquele 21 de dezembro.

Newcastle 4 x 4 Arsenal - 2011

Essa partida vai ser difícil do torcedor do Arsenal esquecer. O torcedor que foi ao St. James Park presenciou um 'apagão' do time da casa, que levou quatro gols em um intervalo de 30 minutos. E quem se atrasou talvez nem tenha visto Theo Walcott tirar o zero do marcador aos 41 segundos de jogo. E a vantagem aumentou com cabeçada de Djorou três minutos depois. Então foi a vez do artilheiro Van Persie aumentar o drama do rival em dose dupla.

A situação dos Magpies melhorou quando Abou Diaby no início do segundo tempo. A partir daí Joey Barton converteu dois pênaltis e Leon Best balançou a rede por colocou duas bolas na rede, mas em uma das vezes a arbitragem marcou impedimento. Mas faltavam pouco mais de 10 minutos para terminar a partida, então o marfinense Cheick Tioté igualou para 4 a 4.


Este artigo é trazido a você por Jurassic World: Domínio.

Em junho, vivencie o final épico da era jurássica, com duas gerações se unindo pela primeira vez. Chris Pratt e Bryce Dallas Howard são acompanhados pela vencedora do Oscar® Laura Dern, Jeff Goldblum e Sam Neill em Jurassic World: Domínio, uma nova aventura ousada, atemporal e de tirar o fôlego que abrange o mundo.

Assista ao trailer.

facebooktwitterreddit