Opinião

As 6 piores contratações do Corinthians desde 2017

Lucas Humberto
Otero, Luan, Míchel Macedo e outros três: confira as seis piores contratações do Corinthians desde 2017.
Otero, Luan, Míchel Macedo e outros três: confira as seis piores contratações do Corinthians desde 2017. / Alexandre Schneider/Getty Images
facebooktwitterreddit

Depois de buscar dois jogadores livres no mercado - Giuliano e Renato Augusto -, o Corinthians se mostra cada vez mais encorpado para o restante da temporada. Quem vê duas boas negociações seguidas (e outra ainda em vista), pode não imaginar as "furadas" recentes do Alvinegro do Parque São Jorge.

Desde 2017 - ano do último título brasileiro do Timão -, muita gente de qualidade duvidosa chegou ao CT Joaquim Grava. Abaixo, você confere seis das piores contratações.

1. Rómulo Otero

Romulo Otero Copa América Venezuela Corinthians
Venezuelano esteve presente na Copa América / Buda Mendes/Getty Images

Em agosto de 2020, Corinthians e Atlético-MG acertaram as tratativas de empréstimo do venezuelano. Conforme informações do UOL Esportes, o Timão precisou arcar com R$ 400 mil mensais de salário do meia-atacante.

Dentro das quatro linhas, Otero nunca correspondeu: não era eficiente nas bolas paradas, cometia faltas em excesso, protagonizava jogadas atrapalhadas, entre outros. Em resumo: atrapalhou muito mais que ajudou. Pior contratação desde 2017!

2. Míchel Macedo

Michel Macedo Juventude Corinthians Contratação
Lateral está no Juventude / Miguel Schincariol/Getty Images

Atualmente no Juventude, Míchel Macedo chegou ao Corinthians em 2019. O lateral-direito, tido como reserva imediato do regular Fagner, nunca entregou boas atuações quando necessário. No Alvinegro, sua maior habilidade era "matar" todas as jogadas assim que pegava na bola, uma vez que seu único golpe era o recuo. No balanço referente ao ano de 2020, foi divulgado que o Timão gastou R$ 1,1 milhão com ele. Surreal...

3. Matheus Davó

R$ 2 milhões por cinco jogos não parece um bom negócio, certo? Mas o Corinthians fez essa transação ao buscar Matheus Davó, que estava no Guarani até ano passado. Atualmente, o atacante de 21 anos está no Philadelphia Union, da MLS.

4. Everaldo

Emprestado ao Sport Recife, Everaldo chegou ao Timão em 2019. Bem, pelo menos na teoria, afinal, o meia-atacante nunca fez muita diferença assim dentro das quatro linhas. Custou R$ 3,5 milhões e teve somente 15 jogos como titular na conta. Um verdadeiro exemplo de como não firmar uma tratativa.

5. Luan

Luan Grêmio Corinthians Contratação
Luan ainda não correspondeu aos valores investidos / NELSON ALMEIDA/Getty Images

As expectativas eram grandes, assim como as cifras envolvidas no contrato: R$ 28,95 milhões. Mesmo diante do montante, o único momento memorável de Luan até agora foi um golaço contra o São Paulo no Campeonato Paulista. O meia-atacante parecia pronto para engrenar nos últimos meses, mas voltou à estaca zero. Pela quantia investida, a negociação está entre as piores da história.

6. Léo Natel

Copa Sul-Americana Léo Natel Corinthians
Léo Natel em ação pela Copa Sul-Americana / NORBERTO DUARTE/Getty Images

Embora seja promissor, Léo Natel, de 24 anos, já não pode mais ser considerado uma joia do futebol sul-americano. Segundo informações do UOL Esporte, o atacante recebe R$ 120 mil mensais. Tanto dinheiro para ter participado de somente 18 minutos da atual edição do Brasileirão Série A. Dinheiro jogado fora...

facebooktwitterreddit