As 6 expulsões mais inquestionáveis do futebol nos últimos anos

Lucas Humberto
Do lance envolvendo Gabriel Jesus ao cartão vermelho recebido por Allan no Brasileirão: confira seis expulsões recentes inquestionáveis no futebol.
Do lance envolvendo Gabriel Jesus ao cartão vermelho recebido por Allan no Brasileirão: confira seis expulsões recentes inquestionáveis no futebol. / MB Media/Getty Images
facebooktwitterreddit

Nem toda expulsão costuma ser justa no futebol. Pelo contrário, alguns cartões vermelhos viram foco de discussões acaloradas. Por exemplo: a polêmica saída de Rodinei, do Internacional, no decisivo jogo contra o Flamengo, até hoje não é vista como decisão unânime. Apesar de alguns critérios subjetivos serem levados em consideração, algumas advertências são simplesmente inquestionáveis. E é sobre essas que iremos falar hoje. Acompanhe.

1. Gabriel Jesus na Copa América

Gabriel Jesus Brasil Chile Copa América Expulsão
Camisa 9 recebeu cartão vermelho imediatamente / MB Media/Getty Images

Nas quartas de final da Copa América, Gabriel Jesus acertou o rosto do adversário chileno com o pé. A altura da perna, somada ao restante da entrada violenta, não deixou margem para questionamento: o camisa 9 merecia ter sido expulso diretamente.

2. William Arão expulso no jogo 300

Em sua partida de número 300, o volante William Arão recebeu um cartão vermelho após lance semelhante ao de Gabriel Jesus. À época, o jogador do Flamengo levantou demais a perna e atingiu o rosto do adversário. O lance "criminoso" não poderia ter sido punido de outra forma...

3. Danielsson expulso na Eurocopa

Danielsson Suécia Ucrânia Eurocopa Expulsão
Entrada violenta resultou em expulsão imediata / LEE SMITH/Getty Images

O zagueiro sueco Marcus Danielsson atingiu o atacante ucraniano Besedin com um carrinho no joelho, e acabou sendo expulso diretamente. As fortes imagens, sobretudo em câmera lenta, mostram a intensidade do impacto - o joelho do ucraniano praticamente "virou". Sem espaços para qualquer discussão.

4. Cartão vermelho para De Ligt

Quando falamos sobre expulsões nem sempre as causas são "violentas". Às vezes, a simples imprudência acarreta prejuízos imensuráveis. Nesse sentido, vale citar o cartão recebido pelo zagueiro holandês De Ligt, que colocou a mão na bola próxima da área. A consequência direta do ato foi o desfalque crucial ao time nacional, que não conseguiu conter o ímpeto da República Tcheca na Euro.

5. Bruno Gomes: dois amarelos em cinco minutos

Expulsão e Bruno Gomes estão sendo praticamente sinônimos neste início de Série B. Na partida contra o Goiás, o jovem jogador do Vasco da Gama conseguiu a proeza de ser expulso em cinco minutos. Foram duas entradas violentas, infantis e que poderia ter sido evitadas.

6. Allan e a saga das expulsões

Allan Atlético-MG Santos Kaio Jorge Expulsão
Jogador possui importantes expulsões na conta / Pool/Getty Images

Vivendo situação semelhante a de Bruno Gomes, Allan também tem sido expulso regularmente. Na partida contra o Santos, o volante do Atlético-MG atingiu o rosto de Kaio Jorge e recebeu o segundo cartão amarelo. O desfalque foi tão sintomático que, no lance seguinte, o Peixe ampliou o placar. Um pouquinho mais de controle evitaria tudo isso!

facebooktwitterreddit