Ceará

As 5 maiores vendas da história do Ceará

Daniel Farias
O lateral Felipe Jonatan foi negociado com o Santos
O lateral Felipe Jonatan foi negociado com o Santos / MARCELO ENDELLI/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Ceará foi um dos clubes do futebol nordestino que mais se desenvolveu nos últimos anos. A equipe cearense passou por um processo de reorganização interna, com ajustes das contas, que o permitiu alçar voos maiores dentro das quatro linhas. Nos últimos anos o Vozão também transformou sua realidade frente ao mercado de transferências, conseguindo lucrar altas quantias com a venda de jogadores do seu elenco.

5. Richardson

O volante chegou ao Ceará em 2016, um pouco desacreditado por parte dos torcedores do Alvinegro. Mas logo a situação mudou. Tornou-se peça fundamental na equipe e foi vendido para o Kashiwa Reysol em 2019, por 1,1 milhão de euros. Curiosamente, Richardson retornou ao Ceará há poucas semanas, sendo o primeiro reforço anunciado pelo clube para a temporada 2022.

4. Ricardinho

Ricardinho
Meio-campista é ídolo da torcida do Vozão / Alexandre Schneider/GettyImages

Ricardinho é um dos principais nomes da história recente do Ceará. Campeão de duas edições da Copa do Nordeste pelo Vovô, é considerado um dos grandes ídolos da história do clube e soma números expressivos com a camisa alvinegra. Em 2015 foi negociado com o Al-Ettifaq, da Arábia Saudita, pelo valor de 1,3 milhão de euros. Posteriormente retornou ao Ceará e hoje defende o Paysandu.

3. Felipe Jonatan

Felipe Jonatan, Kaio Jorge
Lateral foi finalista da Libertadores 2020 pelo Santos / Pool/GettyImages

O lateral-esquerdo atuou como jogador profissional do Ceará por pouco tempo, mas o suficiente para ganhar o carinho dos torcedores do clube. Formado nas categorias de base do Vovô, o jogador ganhou destaque na Série A de 2018 e foi negociado com o Santos para a temporada 2019. O valor envolvido na negociação foi de 1,4 milhão de euros. O atleta permanece na equipe da Vila Belmiro.

2. Saulo Mineiro

Saulo Mineiro
Saulo foi negociado com o futebol japonês / Miguel Schincariol/GettyImages

Atacante chegou ao Ceará em 2020, após se destacar no Volta Redonda. A contratação foi, inclusive, questionada por parte da torcida alvinegra. Dentro de campo, porém, Saulo provou ser um jogador muito qualificado e ajudou o Vozão em uma das temporadas de maior sucesso da equipe. Foi vendido em 2021 ao Yokohama FC, do Japão, por 1,5 milhão de euros.

1. Charles

Charles, Caio Paulista
Cria do Inter, volante foi um dos destaques do Vovô em 2020 / Buda Mendes/GettyImages

Outro atleta que deixou o Ceará em 2021 foi o volante Charles. O jogador havia chegado ao Vovô em 2020 e ajudou o clube na conquista da Copa do Nordeste daquele ano. Foi negociado com o Midtjylland, da Dinamarca, em um negócio que envolveu 1,5 milhão de euros. O jogador gaúcho também defendeu Internacional e Sport Recife.

facebooktwitterreddit