Copa do Brasil

As 5 maiores goleadas da história da Copa do Brasil

Fabio Utz
Athletico-PR precisa de remontada histórica para ficar com o título de 2021
Athletico-PR precisa de remontada histórica para ficar com o título de 2021 / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

A missão do Athletico-PR é bastante complicada: ganhar por quatro gols de diferença do Atlético-MG para levar a decisão da Copa do Brasil para os pênaltis ou por cinco (ou mais) de vantagem para garantir o título nos 90 minutos. Impossível? No futebol, tudo pode acontecer, até mesmo goleadas históricas. Veja as cinco maiores da história do torneio mais popular do país!

5. São Paulo 9 x 1 4 de Julho-PI

O Tricolor, jogando no Morumbi, saiu perdendo, mas garantiu vaga goleando o rival em jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil de 2021. Luciano (dois), Pablo (três), Gabriel Sara, Rigoni, Bruno Alves e Chico Bala (contra) fizeram para a equipe paulista.

4. Internacional 9 x 1 Ji-Paraná-RO

Foi na primeira fase da Copa do Brasil de 1993 que aconteceu a goleada. A partida foi realizada no Beira-Rio, em Porto Alegre. Os gols foram de Rudinei (quatro), Jairo Lenzi (três), Marcelo Baron e Norton. O Colorado defendia o título conquistado no ano anterior.

3. Santos 10 x 0 Naviraiense-MS

Foi na primeira fase da Copa do Brasil de 2010 que o Peixe não deu chances ao rival do Centro-Oeste. A partida ocorreu na Vila Belmiro e teve gols de Ganso, André (três), Neymar (dois), Robinho, Marquinhos e Madson (dois). O time paulista acabaria campeão do torneio naquele ano.

2. São Paulo 10 x 0 Botafogo-PB

O Tricolor paulista não deu chance ao rival da Paraíba em jogo válido pela primeira fase do torneio de 2001. A partida foi realizada no estádio do Morumbi. Os gols foram de Luis Fabiano (dois), França (três), Julio Baptista (dois), Gustavo Nery, Kaká e Fabiano Souza.

1. Atlético-MG 11 x 0 Caiçara-PI

O jogo foi válido pela primeira fase da Copa do Brasil de 1991 e é, até hoje, o resultado mais expressivo de todos os tempos na competição. Para se ter uma ideia, somente Gerson marcou cinco gols no duelo realizado no estádio Independência, em Belo Horizonte. Os demais tentos foram de Marquinhos (três), Edu Zanelo (dois) e Sérgio Araújo.

facebooktwitterreddit