Futebol Internacional

As 20 maiores novelas do mercado de todos os tempos

Lucas Humberto
Renovação contratual de Messi não aconteceu, e o camisa 10 não defende mais as cores do Barcelona
Renovação contratual de Messi não aconteceu, e o camisa 10 não defende mais as cores do Barcelona / David Ramos/Getty Images
facebooktwitterreddit

Há uma linha muito tênue entre negociações intrigantes e verdadeiras novelas. No primeiro caso, as reviravoltas podem tornar as tratativas mais interessantes, ao passo em que a cada novo detalhe que surge na imprensa, os torcedores reagem com espanto, raiva, chateação ou alguns dos muitos sentimentos presentes no universo esportivo.

Por outro lado, é muito fácil ver todas essas reações se transforarem no mais absoluto desinteresse. E é exatamente isso que acontece quando as conversas ficam longa demais. Tivemos muito desses exemplos no cenário brasileiro e europeu. Agora, relembramos 20 das maiores sagas do futebol.

20. Martín Benítez no São Paulo

Martin Benitez Vasco São Paulo Transferência Independiente
São Paulo precisou de alguns meses para costurar o acordo / Pool/Getty Images

As conversas tinham tudo para serem rapidamente concluídas, afinal, era interessante para todas as partes ter Benítez no São Paulo. O Tricolor Paulista, no entanto, precisou fazer uma série de "costuras" no contrato. Foram semanas até que Vasco da Gama, Benítez e Independiente-ARG estivessem satisfeitos. Os torcedores não aguentavam mais tantas reviravoltas...

19. Diego Costa no Atlético de Madrid

Diego Costa Atlético de Madrid Chelsea
Centroavante encontrou dificuldades para retornar ao Atleti / Denis Doyle/Getty Images

Fora dos planos de Antonio Conte no Chelsea, Diego Costa iniciou sua saga pessoal de transferência em junho de 2017. Apesar do óbvio interesse em retornar ao Atlético de Madrid, as conversas, que se estenderam durante todo o verão, não terminaram bem. Ele só conseguiu realizar seu desejo no início de 2018. Foram meses de declarações atravessadas e possíveis acertos noticiados.

18. Leroy Sané no Bayern de Munique

Leroy Sané Bayern de Munique Manchester City
Sané segue no Bayern de Munique / CHRISTOF STACHE/Getty Images

Os anos de destaque no Manchester City rapidamente chamaram atenção do Bayern de Munique, que não hesitou em demonstrar seu interesse no verão de 2019. Quando as partes estavam perto de assinar os termos, Sané sofreu uma grave lesão durante a Supercopa da Inglaterra.

As conversas foram interrompidas, mas o desejo do jogador era claro, tanto que ele rejeitou um novo contrato com os Citizens. Sua transferência só foi oficializada em julho de 2020, à época devidamente recuperado dos problemas físicos.

17. Jonathan Calleri no São Paulo

Jonathan Calleri São Paulo
Saga de Calleri já dura alguns anos, e não parece perto de chegar ao fim / LUIS ACOSTA/Getty Images

Novela repetida vale? Pelo visto, sim! Repetindo exatamente o mesmo ciclo há alguns anos, o São Paulo sempre sonda Jonathan Calleri em alguma das janelas de transferência. O roteiro é tão conhecido que os torcedores nem se aninam mais, afinal, o desfecho da história todos conhecem: as tratativas não avançam.

16. Naby Keïta no Liverpool

Naby Keita Liverpool RB Leipzig
Liverpool encontrou certa dificuldades para tirá-lo do RB Leipzig / Soccrates Images/Getty Images

Os rumores entre Liverpool e RB Leipzig envolvendo Naby Keïta começaram em meados de julho de 2017. Na ocasião, os torcedores dos Reds pensaram que logo estariam recebendo o meio-campista em Anfield. As conversas, no entanto, estavam muito longe de uma conclusão. Após muitas indefinições, o contrato só foi assinado em julho de 2018, ou seja, a espera durou uma temporada inteira.

15. Hulk no Palmeiras

Hulk Atlético-MG Palmeiras
Antes de acertar com o Galo, Hulk recebeu várias sondagens do Palmeiras / BRUNA PRADO/Getty Images

Quem lembra? Antes de ser oficialmente apresentado no Atlético-MG, Hulk e Palmeiras viveram um rápido romance que, assim como Romeu e Julieta, terminou tragicamente. Os torcedores mais acostumados aos bastidores da bola sabem que, quando falamos sobre contratações muito aguardadas, todos os dias surgem novas informações. Nesse caso, não foi diferente.

Mesmo diante de muitas especulações e evidente interesse entre as partes, o Alviverde ficou apenas nas sondagens e não fez uma proposta oficial, segundo informou o próprio atacante em entrevista. Tanto barulho por nada...

14. Dimitar Berbatov no Manchester United

Manchester United Dimitar Berbatov Manchester United Tottenham
Berbatov deixou o Tottenham para defender as cores do Manchester United / AFP/Getty Images

Dois anos no Tottenham foi tudo que Berbatov precisou para provar seu valor como um dos melhores atacantes da Premier League. Sir Alex Ferguson certamente não deixaria de demonstrar seu interesse. A intenção dos Red Devils era tê-lo na campanha de 2008.

Contudo, as conversas não fluíram tão naturalmente assim, principalmente porque outro personagem entrou na jogada: o Manchester City. Foram muitas idas e vindas até o búlgaro acertar sua chegada ao Old Trafford em setembro de 2008.

13. Rafinha no Flamengo

Rafinha Flamengo Grêmio Bayern de Munique
Antes de acertar com o Grêmio, lateral esteve próximo do Flamengo / Silvio Avila/Getty Images

Quando decidiu retornar ao futebol brasileiro, Rafinha não escondeu sua preferência por repetir as passagens no Flamengo. Inicialmente, os dirigentes do Rubro-Negro foram favoráveis a um possível acordo que, aos poucos, foi ganhando uma série colossal de empecilhos. Nem campanha de torcedores nas redes sociais reaqueceu as conversas. No fim das contas, o lateral acertou com o Grêmio.

12. Luka Modrić no Real Madrid

Luka Modric Tottenham Real Madrid
Alguns torcedores nem se lembram da passagem do croata pelo Tottenham / Quality Sport Images/Getty Images

Entre 2010 e 2011, estava ficando dolorosamente evidente que o croata estava em um nível muito acima do Tottenham. À época, o Chelsea tentou a sorte e criou sua própria novela: foram várias ofertas e um suposto acordo de 40 milhões de euros. Nada adiantou.

Modrić seguiu nos Spurs até que o Real Madrid reacendeu a novela em 2012. No entanto, diferente dos Blues, os Blancos conseguiram tirar o meio-campista da equipe inglesa.

11. Dudu no Corinthians

Dudu Corinthians São Paulo Grêmio Palmeiras
Atualmente no Palmeiras, Dudu já apareceu na mira de Corinthians e São Paulo / Alexandre Schneider/Getty Images

Digna de novela mexicana, a trama envolvendo Dudu reuniu três dos maiores rivais paulistas: São Paulo, Corinthians e Palmeiras. Depois de ter seu contrato com o Grêmio encerrado, o atacante abriu negociações simultâneas com Timão e Tricolor Paulista. Nenhum dos dois levou.

O Alviverde deu um "chapéu" histórico nos arquirrivais, buscou o jogador e o viu se tornar um ídolo das conquistas recentes. Porém, até chegar a este ponto, foram muitas propostas, contrapropostas, reuniões, entre outros. Ninguém aguentava mais.

10. Steven Gerrard no Chelsea

Steven Gerrard Chelsea Liverpool Premier League
Meio-campista está entre os maiores ídolos do Liverpool / ANDREW YATES/Getty Images

Um dos jogadores mais amados da história Liverpool, Steven Gerrard esteve muito próximo de defender as cores do Chelsea. Os Blues, aliás, tentaram de tudo para buscar o capitão dos Reds: aumentaram as cifras, tentaram diversas abordagens e insistiram até o último segundo.

Quando parecia que o meio-campista estava pronto para a mudança de ares na Premier League, ele simplesmente desistiu. Tratativas tão selvagens terminaram de forma inesperada: com o amor pelo clube falando mais alto.

9. Alexis Sánchez no Manchester United

Alexis Sanchez Manchester United Arsenal Manchester City Premier League
Chileno está entre as piores movimentações do United na história / Ben Early/Getty Images

Aqui falamos de um dos piores negócios da longeva existência do Manchester United. Assim que o contrato de Alexis Sánchez estava chegando ao fim no Arsenal, algumas das equipes mais tradicionais da Inglaterra moveram montanhas para contratá-lo.

Os Red Devils, por exemplo, fizeram de tudo para vencer a disputa contra o arquirrival Manchester City: trocas, montantes salariais inflados, entre outros. No fim das contas, os donos do Old Trafford venceram a saga. Para sua própria infelicidade. Ele saiu depois de 45 jogos e cinco míseros gols.

8. Cristiano Ronaldo no Real Madrid

Cristiano Ronaldo Real Madrid Manchester United
Camisa 7 teve trabalho para desembarcar no Real Madrid / Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images

Quem viu os anos brilhantes de Cristiano Ronaldo no Real Madrid pode não imaginar que sua contratação foi uma verdadeira odisseia. Após se destacar no Manchester United, todos sabiam que o camisa 7 estava no radar merengue.

Mesmo querendo partir em direção aos gramados da Espanha, o craque luso concordou em atuar mais uma temporada em Old Trafford - a campanha de 2008/09 foi seu último ato na Premier Legue. A saga chegou ao fim assim que os compromissos com a equipe inglesa foram encerrados.

7. Antoine Griezmann no Barcelona

Antoine Griezmann Barcelona Atlético de Madrid
Nome do francês está novamente envolvido em outra novela / Quality Sport Images/Getty Images

Antoine Griezmann parecia determinado a deixar o Atlético de Madrid no verão de 2017. À época, o destino mais provável era o Manchester United. Os rojiblancos, no entanto, foram punidos com um transfer ban e não puderam abrir as negociações.

Diante do cenário, o francês permaneceu mais duas temporadas antes de abandonar de vez o navio rumo ao Barcelona, em 2019. Durante esse período, os flertes nos bastidores da bola foram incontáveis. Uma saída há anos em formação!

6. Ashley Cole no Chelsea

Ashley Cole Chelsea Arsenal
Cole tentou resolver tudo "na encolha" / Michael Steele/Getty Images

No início de 2005, a imprensa estrangeira noticiou que Cole estava pessoalmente tentando acertar sua saída do Arsenal - ele mantinha conversas privadas com os representantes do Chelsea. Na ocasião, jogador, clube e José Mourinho foram multados.

Sem muitas opções, o inglês seguiu mais um ano nos Gunners. Depois do "castigo" ter sido oficialmente cumprido, o lateral-esquerdo arrumou suas malas e partiu rumo aos Blues.

5. John Obi Mikel no Chelsea

Chelsea John Obi Mikel Manchester United Premier League
Jogador esteve muito próximo do Manchester United / Catherine Ivill - AMA/Getty Images

Um dos momentos mais surreais do mercado! Em 2005, o Manchester United havia anunciado um acordo com John Obi Mikel - aliás, tudo parecia tão certo que houve até coletiva de imprensa com o jogador vestindo o tradicional manto dos Red Devils.

Contudo, algo que ninguém poderia prever aconteceu: o United recuou devido aos valores envolvidos na transferência. Como o Chelsea estava "na espreita", acabou pagando a taxa para contratar o volante. Alguém viu essa reviravolta chegando?

4. Neymar no Paris Saint-Germain

Neymar Jr PSG Barcelona
Como sempre, os rumores envolvendo possíveis destinos de Neymar foram muitos / John Berry/Getty Images

Não parecia real ver 222 milhões de euros envolvidos em apenas uma tratativa, mas aconteceu. Nos seus últimos anos no Barcelona, as especulações de que Neymar estava encaminhando um novo destino para sair da sombra de Lionel Messi ficaram mais fortes.

No entanto, um contrato que envolve mais de 200 milhões de euros não pode ser resolvido rapidamente. Assim, foram semanas de muitas especulações até que tudo estivesse pronto. O PSG foi o destino.

3. David de Gea no Real Madrid

David De Gea Manchester United Real Madrid
A tecnologia impediu que De Gea defendesse o manto do Real Madrid / Laurence Griffiths/Getty Images

Meses de rumores, dúvidas, propostas, negociações, entre outros. Quando a saída de De Gea do Manchester United estava acertada, em 2015, a lentidão da tecnologia colocou tudo a perder. Por mais surpreendente que seja, a saga foi encerrada devido ao fax que não chegou em tempo hábil ao Real Madrid, que perdeu o prazo da inscrição.

2. Jadon Sancho no Manchester United

Jadon Sancho Borussia Dortmund Manchester City Manchester United Premier League
Contratação de Sancho foi uma das mais caras desta janela / Pool/Getty Images

Mais de dois anos de infinitas tentativas até Manchester United e Jadon Sancho acertarem os termos - na verdade, os Red Devils mostraram interesse pelo atacante assim que ele saiu do City, em 2017, mas sem muitas chances na época.

Os donos do Old Trafford tentaram novamente contratá-lo em 2020, após anos frutíferos do atacante no Borussia Dortmund. Porém, novamente sem sucesso. Incansáveis, os representantes do clube inglês voltaram em 2021 e finalmente conseguiram firmar o tão desejado contrato.

1. Lionel Messi no Barcelona

O fim de uma era! Após meses dos mais diversos rumores, Barcelona e Messi encerraram o longo casamento. De acordo com o comunicado oficial dos culés, "obstáculos econômicos e estruturais" impediram a renovação contratual.

Agora, enquanto torcedores lidam com a triste despedida, a imprensa comemora o fim de uma das maiores sagas da história do futebol, enquanto se prepara para mais uma: onde irá jogar o camisa 10 na próxima temporada?

facebooktwitterreddit