Futebol Feminino

Quem são as 2 jogadoras que já ganharam a Bola de Ouro Feminina

Daniel Farias
A famosa Bola de Ouro | TOPSHOT-FBL-FRA-AWARD
A famosa Bola de Ouro | TOPSHOT-FBL-FRA-AWARD / THOMAS SAMSON/GettyImages
facebooktwitterreddit

A Bola de Ouro foi criada em 1956 para homenagear o melhor jogador de futebol do ano. Inicialmente, o prêmio era ligado apenas à Europa, mas depois passou a abranger todo o mundo.

Mas foi só em 2018 que a France Football, revista renomada que entregou o prêmio durante a maior parte de sua história, também criou seu equivalente feminino: a Bola de Ouro Feminina.

À medida que o futebol feminino continua a crescer e ganhar popularidade, as vencedoras do prêmio já se tornaram nomes conhecidos no futebol em geral.

Confira as vencedoras da Bola de Ouro Feminina até o momento:

2018 - Ada Hegerberg

TOPSHOT-FBL-FRA-BALLONDOR-GALA
Ada Hegerberg erguendo a Bola de Ouro | TOPSHOT-FBL-FRA-BALLONDOR-GALA / FRANCK FIFE/GettyImages

2ª: Pernille Harder
3ª: Dzsenifer Marozsán

Ada Hegerberg, a superestrela do Lyon, foi merecidamente a vencedora da primeira Bola de Ouro Feminina da história, conquistando o troféu em 2018.

Hegerberg havia encerrado a temporada 2017/18 com mais de 50 gols, sendo 15 deles na Champions League. Ela acabou vencendo a Liga Francesa e a própria Champions. Ada também começou a temporada 2018/19 de forma espetacular, destacando-se como uma das melhores jogadoras daquele período.

2019 - Megan Rapinoe

Megan Rapinoe
Rapinoe foi o grande nome da Copa do Mundo de 2019 | France v USA: Quarter Final - 2019 FIFA Women's World Cup France / Richard Heathcote/GettyImages

2ª: Lucy Bronze
3ª: Alex Morgan

Megan Rapinoe foi a grande estrela do futebol feminino na temporada 2019. A jogadora americana foi o grande nome dos Estados Unidos na Copa do Mundo na França. Foram seis gols em cinco jogos disputados na competição.

Naquela temporada, acabou conquistando a Copa do Mundo e os prêmios individuais: Bola de Ouro e Chuteira de Ouro do torneio, além do prêmio FIFA The Best.

2020 - Sem prêmio

O impacto da pandemia da Covid-19 fez a revista France Football decidir não entregar a Bola de Ouro em 2020.

Apenas em janeiro e fevereiro as partidas foram disputadas em condições normais, e mesmo depois que as partidas foram reiniciadas, circunstâncias incomuns, como jogar com portões fechados, dificultaram o processo de escolha. Algumas jogadoras também viram competições canceladas, tornando as comparações injustas.

facebooktwitterreddit