Listas

As 13 duplas de pais e filhos mais ilustres do futebol

Lucas Humberto
Dos filhos de Zinédine Zidane aos lendários goleiros Kasper e Peter Schmeichel: confira as 13 duplas de pais e filhos mais ilustres do futebol.
Dos filhos de Zinédine Zidane aos lendários goleiros Kasper e Peter Schmeichel: confira as 13 duplas de pais e filhos mais ilustres do futebol.
facebooktwitterreddit

Tal pai, tal filho...

Filhos que desejam seguir os passos dos pais não é exatamente novidade. No futebol, claro, não poderia ser diferente. Contudo, nesses casos, às vezes pode ser difícil superar a sombra de um familiar histórico dentro das quatro linhas. Enquanto alguns atletas conseguiram trilhar seu próprio caminho longe da sombra dos progenitores, outros não conseguiram prosperar tanto assim. Acompanhe.

13. Enzo Zidane / Luca Zidane - Zinédine Zidane

Enzo Zidane Luca Zidane Zinédine Zidane Real Madrid
Filhos de Zidane não conseguiram ter o mesmo protagonismo do pai. / FABRICE COFFRINI/Getty Images

Não deve ser nada fácil carregar o nome de um dos maiores jogadores da história da França. Atualmente, o ex-técnico do Real Madrid vê seus quatro filhos tentarem carreira no futebol de alto nível. Aqui, destacamos apenas Enzo e Luca Zidane, jogadores do Rodez AF, clube da segunda divisão francesa, e Rayo Vallecano, da segunda divisão espanhola, respectivamente. Pelo visto, o sucesso dentro das quatro linhas ainda não se repetiu na família.

12. Divock Origi - Mike Okoth Origi

Divock Origi Liverpool Champions League
Divock Origi foi o herói da Champions League de 2019. / Marc Atkins/Getty Images

No Liverpool desde 2018, Divock Origi pode não ser titular absoluto no plantel de Jurgen Klopp, mas sua participação na Champions League de 2019 jamais será esquecida. Seu pai, Mike Okoth Origi, é uma das maiores lendas do futebol queniano, com 120 partidas na conta defendendo as cores do time nacional.

11. Daniel Maldini - Paolo Maldini

Daniel Maldini Paolo Maldini Milan
Daniel carrega o peso de toda uma dinastia envolvendo o nome dos Maldini. / Jonathan Moscrop/Getty Images

Dinastia? Cesare Maldini já havia marcado seu nome na modalidade. Com quase 400 partidas disputadas pelo Milan, o ex-zagueiro só não esperava que seu filho se saísse ainda melhor. Paolo jogou mais de 900 jogos com os rossoneri e venceu cinco edições da Champions League.

Agora, a família é representada pelo jovem Daniel, que também está no gigante italiano, embora só tenha marcado presença em10 confrontos até hoje. Contudo, aos 19 anos, ainda há tempo suficiente para dar uma boa sequência na história dos Maldini.

10. Timothy Weah - George Weah

Timothy Weah Ligue 1 França George Weah Lille
Jogador sagrou-se campeão da Ligue 1 2020/21. / Catherine Steenkeste/Getty Images

Único africano a ganhar a Bola de Ouro, George Weah protagonizou campanhas históricas no Paris Saint-Germain e Milan. Timothy Weah, aos 21 anos, já possui passagens por dois grandes clubes da Ligue 1: PSG e Lille. Em ambos, sagrou-se campeão do torneio nacional, apesar de não ter repetido o mesmo protagonismo do pai.

9. Ianis Hagi - Gheorghe Hagi

Ianis Hagi Rangers Gheorghe Hagi Fiorentina Genk
Ianis Hagi está no futebol escocês. / Ian MacNicol/Getty Images

Sem sombra de dúvidas, estamos falando da maior lenda do futebol romeno. Gheorghe Hagi soma quase 135 partidas pelo time nacional, tendo anotado mais de 30 gols. Ianis, por sua vez, deixou rapidamente o cenário nacional do esporte para tentar destaque no exterior, Depois de passagens pela Fiorentina e Genk, ele está no Rangers FC, da Escócia.

8. Gonzalo Higuaín - Jorge Higuaín

Gonzalo Higuain MLS Inter Miami Jorge Higuaín
Higuaín está na Inter Miami, da MLS. / Michael Reaves/Getty Images

Em seus anos de atividade, Jorge Higuaín abrilhantou o futebol sul-americano. Sua única passagem no Velho Continente se deu no Stade Brest, da Ligue 1. E foi justamente nesta época que Gonzalo nasceu. Até por isso, houveram muitas discussões sobre uma possível participação do centroavante nos Les Bleus.

Atualmente no Inter Miami, da MLS, o jogador, ao contrário do seu pai, construiu grande parte da sua carreira no exterior, defendendo as cores do Real Madrid, Napoli, Juventus, Milan e Chelsea.

7. Justin Kluivert - Patrick Kluivert

Justin Kluivert Euro Sub-21 RB Leipzig Patrick Kluivert
Justin Kluivert participou da Euro Sub-21. / Soccrates Images/Getty Images

Considerado um dos melhores atacantes do mundo, Patrick Kluivert já atuou em alguns dos maiores clubes europeus, incluindo Ajax, Milan e Barcelona. Justin espera construir uma carreira semelhante. Aos 22 anos, o atacante possui vínculo com a Roma, porém está emprestado ao RB Leipzig, da Bundesliga, onde ainda não encontrou seu espaço entre os titulares absolutos.

6. Giovanni Simeone - Diego Simeone

Giovanni Simeone Série A Campeonato Italiano Diego Simeone
Jogador está no Campeonato Italiano. / Enrico Locci/Getty Images

Muito além dos elegantes ternos na área técnica do Atlético de Madrid, Diego Simeone também teve desempenho destacado dentro das quatro linhas. O meio-campista argentino atuou na Lazio, Roma, Inter de Milão, Sevilla, entre outros. Giovanni, filho do treinador colchonero, está no Cagliari Calcio, da Série A.

5. André Ayew / Jordan Ayew - Abedi Pelé

Jordan Ayew Premier League Crystal Palace Abedi Pelé
Jordan Ayew em ação pelo Crystal Palace. / Visionhaus/Getty Images

Sem sombra de dúvidas, Abedi Pelé está entre as maiores lendas do continente africano. Bola de Ouro em três ocasiões, o meia-atacante se destacou no Olympique de Marseille, onde venceu a Champions League em 1993. Seus filhos também defenderam as cores do clube francês durante longos anos.

Atualmente, André está no Swansea City, time da segunda divisão inglesa, enquanto Jordan joga pelo Crystal Palace, da Premier League.

4. Marcus Thuram - Lilian Thuram

Marcus Thuram Borussia Moenchengladbach Bundesliga Eurocopa França
Boas atuações do jogador renderam convocação para Eurocopa. / Lars Baron/Getty Images

Lilian Thuram se consolidou entre os melhores jogadores franceses dos últimos anos. Herói da semifinal da Copa do Mundo de 1998, contra a Croácia, o defensor deixou um baita legado ao seu filho. Marcus, por sua vez, está empenhado na missão de escrever seu próprio nome no esporte.

Na última campanha do Borussia Mönchengladbach, o atacante de 23 anos, algoz do Real Madrid, anotou 11 gols e deu 12 assistências, em 40 jogos. A boa performance rendeu uma convocação para Eurocopa 2020.

3. Kasper Schmeichel - Peter Schmeichel

Kasper Peter Schmeichel Eurocopa Dinamarca
Goleiro segue agradando em suas exibições pela Dinamarca. / MARTIN MEISSNER/Getty Images

Histórico no Manchester United e seleção dinamarquesa, Peter pode ser considerado um dos melhores arqueiros de todos os tempos. Seguindo o roteiro ao pé da letra, Kasper tem representado bem o nome Schmeichel. Titular absoluto no time nacional e no Leicester City, o goleiro de 33 anos é uma verdadeira referência na Premier League.

O título inédito da FA Cup, conquistado na última temporada pelos Foxes, passa diretamente pela segurança defensiva do dinamarquês.

2. Erling Haaland - Alf-Inge Haaland

Erling Haaland Noruega Borussia Dortmund Alf-Inge
Nos últimos dois anos, Haaland ganhou os holofotes do futebol. / Fran Santiago/Getty Images

A ascensão de Erling Haaland impressiona. Com apenas 20 anos, a estrela do Borussia Dortmund viu seu nome aparecer em todos os noticiários esportivos do mundo, além de protagonizar um verdadeiro leilão nos últimos meses.

Alf-Inge já havia experimentado o gosto de anos brilhantes dentro das quatro linhas. Como zagueiro, o norueguês teve uma carreira notável atuando pelo Nottingham Forest, Leeds United e Manchester City. Sem dúvida, ele está orgulhoso de ver onde o nome da família está chegado!

1. Thiago / Rafinha - Mazinho

Thiago Alcantara Rafinha Mazinho Liverpool
Meio-campista dos Reds defende a seleção espanhola. / Gareth Copley/Getty Images

Campeão Mundial em 1994, Mazinho passou toda sua qualidade de jogador pelo DNA. Thiago Alcântara nasceu na Itália, e Rafinha no Brasil. Contudo, eles rapidamente integraram a famosa La Masia, do Barcelona. O destaque de ambos foi tão imediato, que nenhum deles retornou ao futebol brasileiro.

Atualmente, Thiago integra o plantel de Jurgen Klopp, no Liverpool, enquanto Rafinha está no Paris Saint-Germain.

facebooktwitterreddit