Listas

As 10 piores vendas da história do Real Madrid

Daniel Farias
Huntelaar é um dos exemplos da lista
Huntelaar é um dos exemplos da lista / Denis Doyle/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Real Madrid é conhecido como uma das principais equipes de futebol do planeta. Ao longo da história, a equipe conquistou diversos títulos importantes. Seu estádio, o Santiago Bernabéu, já foi palco de grandes atuações de jogadores considerados verdadeiros heróis. Entretanto, o clube merengue também tem em seu currículo alguns momentos não muito interessantes. Confira agora as 10 piores vendas da história do Real Madrid:

1. Ronaldo

Ronaldo
Atacante defendeu o Real por cerca de cinco temporadas | Real Madrid v Espanyol / Denis Doyle/GettyImages

Ronaldo 'Fenômeno' foi certamente um dos maiores centroavantes da história do futebol. Para muitos, é o maior nome da posição. Entre outros clubes, o brasileiro passou pelo Real Madrid. Foi contratado na temporada 2002/03, por 45 milhões de euros. Após cerca de cinco temporadas no Santiago Bernabéu, foi vendido ao Milan por 7,5 milhões de euros.

2. Klaas-Jan Huntelaar

Klaas Jan Huntelaar
Huntelaar teve curta passagem pelo Real Madrid | Real Madrid v UD Almeria - La Liga / Denis Doyle/GettyImages

O holandês Klaas-Jan Huntelaar teve uma passagem relâmpago pelo Real Madrid. O jogador chegou ao clube espanhol na temporada 2008/09, sendo vendido pelo Ajax por 27 milhões de euros. Após apenas sete meses vestindo a camisa do Real, foi vendido pelo clube ao Milan, por 15 milhões de euros. Foram apenas 20 jogos disputados na rápida passagem pelo Santiago Bernabéu.

3. Dani Parejo

Dani Parejo
Dani Parejo defendeu o Valencia por longos anos | Valencia CF v Real Betis Balompie - La Liga / Quality Sport Images/GettyImages

O meio-campista espanhol Dani Parejo foi formado nas categorias de base do Real Madrid. Quando jovem, era considerado uma grande promessa, que poderia render muitas alegrias aos torcedores do clube. Sem muitas oportunidades na equipe principal, porém, foi vendido ao Getafe por apenas 3 milhões de euros. Anos depois, Parejo tornou-se um jogador muito importante do Valencia.

4. Wesley Sneijder

Wesley Sneijder
Wesley Sneijder em ação pelo Real Madrid | Juventus v Real Madrid - UEFA Champions League Group H / Etsuo Hara/GettyImages

Não se pode negar a qualidade do holandês Wesley Sneijder. Podemos dizer, porém, que sua passagem pelo Real Madrid foi frustrante. Após se destacar no Ajax, chegou ao Santiago Bernabéu por 27 milhões de euros. Após duas temporadas de pouco brilho, foi vendido à Inter de Milão em 2009 por 15 milhões de euros.

5. Arjen Robben

Arjen Robben
Robben permaneceu no Real por duas temporadas | Real Madrid v Valladolid - La Liga / Denis Doyle/GettyImages

Arjen Robben pode ser considerado um dos maiores jogadores da história recente da Holanda. Entretanto, assim como seu compatriota Sneijder, ele teve uma passagem não muito impactante pelo Real Madrid. Chegou pela quantia de 35 milhões de euros, mas partiu para o Bayern de Munique depois de apenas duas temporadas, por 25 milhões de euros.

6. Ezequiel Garay

Real Madrid's Argentinian defender Ezequ
Ezequiel Garay disputou apenas 31 partidas pelo Real Madrid | Real Madrid's Argentinian defender Ezequ / DOMINIQUE FAGET/GettyImages

O argentino Ezequiel Garay foi outro que teve uma curta passagem pelo Real Madrid. Ao todo, foram apenas 31 partidas disputadas com a camisa merengue. Foi comprado pelo clube por 10 milhões de euros e vendido ao Benfica por 5,5 milhões.

7. Rafael van der Vaart

Rafael Van Der Vaart
Rafael van der Vaart em ação pelo clube merengue | Real Madrid v Real Zaragoza - La Liga / Denis Doyle/GettyImages

Mais um jogador holandês na lista! Rafael van der Vaart chegou ao Real Madrid após se destacar com as camisas de Ajax e de Hamburgo. Foi contratado em 2008, por 15 milhões de euros. Após duas temporadas defendendo as cores da equipe, foi vendido ao Tottenham por 10,5 milhões de euros.

8. Gonzalo Higuaín

Gonzalo Higuain
Higuaín defendeu o Real Madrid por sete temporadas | Real Madrid CF v RCD Espanyol - Liga BBVA / Jasper Juinen/GettyImages

Após se destacar com a camisa do River Plate, da Argentina, o atacante Gonzalo Higuaín defendeu o Real Madrid por sete temporadas. Então foi negociado pelo clube com o Napoli, da Itália, por 39 milhões de euros. O valor é considerado alto, mas não chega nem perto dos 90 milhões pelos quais foi vendido pelo Napoli à Juventus.

9. Álvaro Morata

Alvaro Morata
Morata atuando pelo Real Madrid | SSC Napoli v Real Madrid CF - UEFA Champions League Round of 16: Second Leg / Francesco Pecoraro/GettyImages

O caso envolvendo o atacante espanhol Álvaro Morata é bastante curioso. O jogador foi revelado pelo Real Madrid e acabou sendo vendido à Juventus em 2014, por 20 milhões de euros. Apenas dois anos após a venda, o Real Madrid o contratou novamente, mas dessa vez por 30 milhões de euros.

10. Mariano Díaz

Mariano Diaz Mejia
Mariano foi vendido ao Lyon, mas depois retornou ao Real | Real Madrid Unveil New Signing Mariano / Quality Sport Images/GettyImages

Em 2017, o Real Madrid acertou a venda do atacante Mariano Díaz ao Lyon por oito milhões de euros. Entretanto, apenas um ano depois desse episódio, o jogador foi novamente contratado pelo Real Madrid. O valor da negociação, porém, foi bem maior do que o envolvido na primeira negociação: 21,5 milhões de euros.

facebooktwitterreddit