As 10 piores contratações do Grêmio na década

Jan 13, 2021, 11:25 AM GMT-3
Andre
Gremio v Libertad - Copa CONMEBOL Libertadores 2019 | Lucas Uebel/Getty Images
facebooktwitterreddit

Alguns atletas passam por clubes e deixam saudades. Outros sequer ficam na memória. O 90min apresenta uma lista com as 10 piores contratações do Grêmio na década 2011-2020. Está faltando algum nome nela?

1. Lins (2011)

Botafogo v Gremio - Serie A
Buda Mendes/Getty Images

Sem Ronaldinho Gaúcho, o Tricolor apostou no atacante. Claro que não deu certo, apesar de um gol em Gre-Nal.

2. Fábio Aurélio (2012)

Fabio Aurelio
Zak Kaczmarek/Getty Images

Indicado por Vanderlei Luxemburgo, o lateral-esquerdo virou um peso morto por conta de uma grave lesão no joelho.

3. Welliton (2013)

Welliton
Edu Andrade/Getty Images

Foi mais um dos tantos pedidos de Vanderlei Luxemburgo em sua passagem não mais que regular pelo Grêmio. O atacante só fez o clube gastar dinheiro.

4. Negueba (2016)

Negueba
Lucas Uebel/Getty Images

Foi um pedido do técnico Roger Machado. Pois o Grêmio teve que lidar com um atacante sem a mínima condição de defender o clube.

5. Kadu (2016)

Kadu, Breno
Lucas Uebel/Getty Images

O zagueiro estreou fazendo gol contra. Já dá para imaginar como foi o restante de sua passagem por Porto Alegre (na foto, ele já com a camisa do Vitória).

6. Wallace Oliveira (2016)

Wallace Oliveira, Tony
Lucas Uebel/Getty Images

Não é o fato de o atleta pertencer ao Chelsea que ele é bom. E o lateral-direito comprovou isso em pouco tempo de Tricolor.

7. Juninho Capixaba (2018)

Juninho Capixaba
Miguel Schincariol/Getty Images

O lateral-esquerdo, em um primeiro momento, chamou atenção, tanto que o Tricolor abriu a mão para tê-lo em definitivo. Porém, jamais compensou este investimento.

8. André (2018)

FBL-LIBERTADORES-LIBERTAD-GREMIO
NORBERTO DUARTE/Getty Images

O centroavante virou uma verdadeira obsessão da direção tricolor. Afinal, o atacante era visto como o homem a substituir Lucas Barrios no time que vinha de uma conquista de Libertadores. Fez muita pouca coisa em sua passagem pela Arena.

9. Marinho (2018)

Marinho, Rene
Lucas Uebel/Getty Images

O Tricolor desembolsou cerca de R$ 10 milhões para repatriar o atacante do futebol chinês. Não se encaixou no esquema (para alguns, recebeu poucas oportunidades) e logo foi repassado ao Santos.

10. Thiago Neves (2020)

Thiago Neves
Lucas Uebel/Getty Images

Poucos acreditavam que ele poderia ser o camisa 10 do Grêmio. E realmente não foi, tanto que a diretoria, em uma decisão unilateral, decidiu pela rescisão contratual.

facebooktwitterreddit