As 10 melhores duplas de meio-campistas do mundo

Guilherme Lopes
Mar 23, 2021, 7:09 AM GMT-3
Meio-campistas de extrema classe, Modric e Toni Kroos já ganharam tudo que foi possível pelo Real Madrid.
Meio-campistas de extrema classe, Modric e Toni Kroos já ganharam tudo que foi possível pelo Real Madrid. | Quality Sport Images/Getty Images
facebooktwitterreddit

Os tempos são outros, e a verdade que o “10” clássico, que tanto ganhou destaque nos anos 70 e 80, está praticamente extinto. Hoje em dia as equipes, principalmente na Europa, jogam com três meio-campistas de fato, que estão mais focados em conduzir a bola e distribuir passes no campo, fazendo a equipe fluir. Diferente do meia-armador, os meio-campistas atuais buscam brechas no campo, para encontrarem seus alas e atacantes de forma com que terminem as jogadas.

Listamos as dez melhores duplas de meio-campo na atualidade.

10. Ndidi e Tielemans

Nicolas Pepe, Wilfred Ndidi, Youri Tielemans
Mais um ano em que o Leicester mostra qualidades, desta vez com os meio-campistas Ndidi e Tielemans. Será que permanecem no ano que vem? | Michael Regan/Getty Images

Todos conhecem o Leicester pelo grande poderio ofensivo de Jamie Vardy, porém, outro pilar fundamental nos Foxes, é sua dupla de volantes, com Ndidi sendo um verdadeiro “cão-guarda” no meio-campo, dando liberdade para que Tielimans possa conduzir a bola para os atacantes. Os dois inclusive também costumam deixar alguns golzinhos e assistências, o belga, por exemplo, já coleciona seis gols na atual Premier League, enquanto o nigeriano tem três assistências.

9. Joan Jordan e Fernando

Fernando Francisco Reges, Joan Jordan, Lionel Messi
A consistência do Sevilla segue impressionando, com a contribuição significativa de Jordan e Fernando. | BSR Agency/Getty Images

O ponto de equilibro da equipe espanhola, os dois de fato se entendem em campo, ofuscando inclusive o experiente Ivan Rakitic. Jordan é o terceiro colocado no quesito assistências na LaLiga (6), atrás de “apenas” Lionel Messi, Toni Kroos, Iago Aspas e Marcos Llorente, todos com 8, e Jorge de Frutos com 7.

8. Kanté e Jorginho

N'Golo Kante, Jorginho
O incansável Kanté e o passador Jorginho se completam num Chelsea que vem progredindo bem nesta temporada. | Bryn Lennon/Getty Images

O francês é um dos melhores primeiros volantes do mundo há algum tempo, seus passes curtos e rápidos, sua capacidade de desarmar, e de está presente em praticamente todos os setores do campo, impressionam bastante. Ao lado de Kanté, temos o italiano Jorginho, que distribui os passes como maestria, dando ritmo de jogo para a equipe londrina, e ainda deixando seus gols. São seis na Premier League, artilheiro da equipe na competição.

7. Barella e Brozovic

Marcelo Brozovic, Nicolo Barella
A Inter de Milão caminha a passos largos rumo ao título da Série A e muito disso se deve a Brozovic e Barella no meio. | Pool/Getty Images

A Internazionale lidera o italiano com folga, e muito desses créditos são dados com razão para a grande temporada de Romelu Lukaku e Lautaro Martinez. Mas tem outra dupla que vem impressionando na equipe. Barella e Brozovic somam 11 assistências no campeonato, mesmo atuando em um setor mais defensivo. A qualidade de lançamento da dupla se tornou um dos pontos fortes no estilo de jogo do treinador Antonio Conte.

6. Leandro Paredes e Verratti

Thilo Kehrer, Marco Verratti, Leandro Paredes
A dupla se soltou bem no PSG de Pochettino. | Xavier Laine/Getty Images

A chegada do português Danilo Pereira foi crucial para essa dupla, sendo um trio muito efeito no meio-campo. Paredes e Verratti ficaram menos sobrecarregados na marcação, dando liberdade para distribuírem passes para os laterais e pontas.

5. Sergio Busquets e De Jong

Sergio Busquets, Lionel Messi, Frenkie de Jong
Depois de um início trôpego nesta temporada, a dupla De Jong e Busquets deslanchou de vez com o técnico Koeman. | Aitor Alcalde/Getty Images

Busquets não é mais tão unanimidade no Barcelona, porém, ainda faz bons jogos pelo Barcelona, mantendo sua regularidade. Olhando o mapa de calor do atleta, sabemos o impacto que ele tem no meio-campo, seja na marcação ou construção de jogadas. Do seu lado, simplesmente, um jovem de muita qualidade técnica, De Jong. O holandês tem tudo para se tornar o melhor meio-campista do mundo por um bom tempo, e vem sendo fundamental para essa retomada do Barcelona em 2021.

4. Fabinho e Thiago Alcântara

Fabinho, Thiago Alcantara, Alisson Becker
A chegada de Thiago Alcântara deu qualidade ainda maior ao meio do Liverpool, mas os resultados ainda não estão vindo. | Pool/Getty Images

Mesmo os Reds em baixa, a dupla “brasileira” vai se encaixando ao longo dos jogos, Fabinho segue mantendo seus recordes, sendo o jogador com mais desarmes e segundo em interceptações na Premier League.

3. Rodri e Gundogan

Rodri, Gundogan, Fabinho e Firmino.
Homens de confiança de ninguém menos que Pep Guardiola, Gundogan e Rodri estão roubando a cena no meio do Manchester City. | PETER POWELL/Getty Images

A dupla vive o melhor momento de suas carreiras. Enquanto Rodri assumiu o posto que pertencia ao antigo capitão, Fernandinho, Gundogan impressiona pela sua quantidade de gols, sendo o artilheiro da equipe na temporada, mesmo com a equipe inglesa contando com jogadores mais ofensivos, Sterling, Marhez, Aguero, Phil Foden e Ferran Torres não foram “capazes” de marcar mais gols que o alemão.

2. Kimmich e Goretzka

Leon Goretzka, Joshua Kimmich
Dupla fundamental para a temporada perfeita do Bayern de Munique em 2019/20, mas segue encantando em 2020/21. | Pool/Getty Images

Talvez a dupla mais eficaz atualmente, os dois jogadores são praticamente imbatíveis no setor. Kimmich parece não ter sentido a mudança de setor, já que desempenhava o papel de lateral (muito bem por sinal). Os dois seguem impressionando não só na marcação, mas também na criação de jogadas, somando incríveis 20 assistências na temporada.

1. Kroos e Modric

Roberto Gagliardini, Toni Kroos, Luka Modric
Pura qualidade de Modric e Kroos na trinca de meio no Real Madrid. | Eurasia Sport Images/Getty Images

A dupla de mais sucesso no meio-campo na última década, formando um belíssimo trio também com Casemiro. Os dois conquistaram quatro vezes a Champions League jogando juntos, e ainda se conectam como ninguém em campo. O alemão chegou a marca de oito assistências nessa LaLiga 20/21, e agora divide a primeira posição no quesito “garçom” com Lionel Messi.

facebooktwitterreddit