Opinião

As 10 melhores contratações do futebol brasileiro em 2021

Antonio Mota
Contratado pelo Atlético-MG, Hulk dominou o futebol do Brasil em pouco. Mas ele não foi o único “recém-contratado” que se destacou no ano. Veja.
Contratado pelo Atlético-MG, Hulk dominou o futebol do Brasil em pouco. Mas ele não foi o único “recém-contratado” que se destacou no ano. Veja. / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

Principal contratação do Atlético-MG para a temporada, Hulk se encaixou como uma luva ao Galo e não precisou de muito tempo para se tornar um dos grandes destaques do futebol do Brasil e da América do Sul em 2021. Aos 35 anos, o medalhão liderou o clube nas campanhas vitoriosas do Estadual, do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil e, sem dúvidas, foi uma das melhores contratações do ano no país.

O badalado atacante, porém, não foi o único acerto do mercado brasileiro na temporada. A seguir, veja os 10 melhores reforços do futebol nacional no ano.

10. Fernando Miguel – Atlético-GO

Fernando Miguel  Atlético-GO
Fernando Miguel foi peça-chave do Atlético-GO em 2021. / Buda Mendes/GettyImages

Emprestado pelo Vasco, Fernando Miguel viveu um ano muito bom no Atlético-GO, sendo, inclusive, um dos goleiros mais decisivos do Campeonato Brasileiro. Com muitas defesas difíceis, personalidade e liderança, o arqueiro de 36 anos ajudou o Dragão a se manter na Série A. Uma bela contratação – mesmo que tenha sido por um curto período.

9. Éderson – Fortaleza

Fortaleza Ederson
Éderson foi um dos destaques do Campeonato Brasileiro. / Miguel Schincariol/GettyImages

Após queda de desempenho no Corinthians, Éderson foi emprestado ao Fortaleza e reencontrou o futebol que o explodiu para o futebol nacional. Sob comando de Juan Pablo Vojvoda, o volante de 22 anos brilhou na temporada e foi peça-chave na campanha que levou o Leão à Libertadores de 2022.

8. Emiliano Rigoni – São Paulo

São Paulo Emiliano Rigoni
Rigoni salvou o São Paulo em muitos momentos neste ano. / Marcelo Endelli/GettyImages

Rigoni chegou ao São Paulo como uma incógnita há poucos meses, mas logo tratou de deixar quaisquer dúvidas para trás e se firmar como um dos destaques no Morumbi. O Tricolor, de fato, não foi bem e lutou contra o descenso nacional, mas o atacante certamente foi o nome mais importante do ano da equipe – mesmo que tenha oscilado em determinados momentos. Um tiro certeiro.

7. Joaquín Piquerez – Palmeiras

Palmeiras Joaquin Piquerez
Joaquín Piquerez não precisou de muito tempo para cair nas graças da torcida no Palmeiras. / Buda Mendes/GettyImages

O Palmeiras perdeu Matías Viña e pensou ter ficado com um grande problema nas mãos, mas aí apareceu Joaquín Piquerez. Aos 22 anos, o uruguaio tomou conta da lateral esquerda no Allianz Parque e logo caiu nas graças da torcida. Um belo achado do Verdão.

6. Nacho Fernandez – Atlético-MG

Galo Nacho Fernandez
Nacho Fernandez viveu um bom ano no Atlético-MG. / Pedro Vilela/GettyImages

Embora tenha caído de produção após lesão e Covid-19, Nacho foi uma das aquisições mais badaladas do mercado do Brasil na temporada. E funcionou. Ex-River Plate, o meio-campista de 31 anos tomou conta da “meiuca” do Galo e acumulou boas partidas no Brasileirão, na Copa do Brasil e na Libertadores.

5. Róger Guedes – Corinthians

Corinthians Roger Guedes
Roger Guedes acumulou excelentes partidas no Corinthians. / Alexandre Schneider/GettyImages

À disposição do mercado após deixar o Shandong Taishan, da China, Róger Guedes fechou com o Corinthians e logo no primeiro compromisso deu a resposta que a Fiel queria. Em seguida, mesmo com algumas oscilações, o atacante se tornou o principal homem do ataque do Timão e foi destaque na arrancada do clube no Campeonato Brasileiro.

4. David Terans – Athletico-PR

David Terans Athletico
David Terans foi muito importante para o Athletico em 2021. / PABLO PORCIUNCULA/GettyImages

Após rodar por clubes de Uruguai e Chile e passagem sem brilho pelo Atlético-MG, David Terans recebeu um voto de confiança do Athletico-PR e não decepcionou. Ao longo da temporada, o meia-atacante se encaixou bem ao Furacão e foi decisivo, sendo importante na campanha do título da Sul-Americana e também na luta contra o Z-4 na Série A.

3. Yago Pikachu – Fortaleza

Fortaleza Yago Pikachu
Yago Pikachu foi peça-chave do Fortaleza em 2021. / Buda Mendes/GettyImages

Multifuncional, dedicado e “bom de bola”, Yago Pikachu trocou o Vasco pelo Fortaleza e viveu uma das melhores temporadas da carreira. Aos 29 anos, o camisa 22 ocupou diversos espaços do campo e foi determinante ao longo de todo o ano, sobretudo na histórica campanha do clube no Campeonato Brasileiro.

2. Renato Augusto – Corinthians

Corinthians Renato Augusto
Renato Augusto se (re)encaixou como uma luva ao Corinthians. / Alexandre Schneider/GettyImages

Renato Augusto é dono de um dos maiores talentos do futebol do Brasil na atualidade. Em 2021, o meio-campista de 33 anos reestreou pelo Corinthians e deu muito certo, participando de toda a organização da equipe de Sylvinho e, claro, esbanjando qualidade. É um dos extraclasses em atividade no país.

1. Hulk – Atlético-MG

Hulk Atlético
Hulk deu mais do que certo no Atlético-MG. / HEULER ANDREY/GettyImages

O cara do momento no Brasil: Hulk. Contratado pelo Atlético-MG no começo do ano, o camisa 7 se mostrou um pouco “travado” no início da temporada, mas logo encontrou o futebol que o fez rodar o mundo e se tornou o principal personagem do esporte no país. Aos 35 anos, o matador colecionou premiações em 2021, incluindo os títulos do Campeonato Mineiro, do Brasileirão e da Copa do Brasil.

facebooktwitterreddit