Brasileirao Série A

Artilheiros marcam, mas Isla vira personagem central de vitória do Flamengo sobre o São Paulo

Fabio Utz
Gol de Isla foi decisivo para o resultado da partida
Gol de Isla foi decisivo para o resultado da partida / Buda Mendes/GettyImages
facebooktwitterreddit

Domingo de Páscoa, Maracanã, duelo entre cariocas e paulistas. Um cenário perfeito para os artilheiros brilharem. Realmente foi o que aconteceu. Só que a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 3 a 1 passou, de fato, por um certo lateral-direito que vinha praticamente sem espaço e tendo que explicar comportamentos extracampo e, claro, pelo maestro do time carioca.

Rubro-negros e tricolores fizeram um dos jogos mais esperados da segunda rodada do Campeonato Brasileiro. E os donos da casa foram premiados pela melhor atuação e pela busca incessante dos três pontos. Para se ter uma ideia, o duelo mal havia começado e Jandrei já havia salvado os visitantes após arremates de Everton Ribeiro e Gabigol.

Gabriel Barbosa Gabigol Flamengo São Paulo Campeonato Brasileiro Brasileirão Maracanã
Gabigol fez o primeiro gol da partida no Maracanã / Buda Mendes/GettyImages

Na base da insistência e da marcação alta, o Fla cansou de desarmar os atletas rivais. Em uma dessas retomadas, aos 24 minutos, Arrascaeta tocou para Lázaro, que deu bela assistência para Gabigol marcar pela 12ª vez na temporada. O São Paulo respondeu com eficiência, e cruzamento de Rafinha, aos 40 minutos, encontrou a cabeça de Calleri, que ganhou no alto de Rodinei para, curiosamente, também fazer seu 12º gol em 2022 – o quarto no Brasileirão.

Calleri São Paulo Gol Brasileirão Campeonato Brasileiro Flamengo Maracanã
Calleri fez o único gol do São Paulo neste domingo de Páscoa / Buda Mendes/GettyImages

Obviamente, da dupla de goleadores se espera tudo. O que não se esperava é que o chileno Mauricio Isla, que não atuava há mais de um mês, entrasse no segundo tempo para começar a encaminhar o triunfo flamenguista. Aos 24 minutos, depois de belo lançamento de João Gomes, o gringo driblou o marcador e, com a perna esquerda (sim!) tocou no canto oposto de Jandrei. Dois minutos depois, também se utilizando do lado, Marinho foi para cima de Rafinha e levantou para Arrascaeta desviar de cabeça e confirmar a vitória.

Agora, são quatro pontos para o Flamengo, ainda invicto na Série A, e três para o São Paulo, que nem de perto foi aquele time avassalador da estreia. Ficou de bom tamanho, concorda?

facebooktwitterreddit