Transferências

Arsenal se aproxima de Gabriel Jesus, mas valor pedido pelo Manchester City ainda é entrave

Lucas Humberto
Centroavante brasileiro está entre as prioridades de mercado do Arsenal
Centroavante brasileiro está entre as prioridades de mercado do Arsenal / James Gill - Danehouse/GettyImages
facebooktwitterreddit

A recente aproximação de Gabriel Jesus e Arsenal parece estar próxima de render casamento. Segundo informações do jornal The Times, há confiança por parte dos Gunners, sobretudo devido ao interesse do atacante em defender o manto do gigante londrino. Ainda existe, contudo, uma distância entre os valores esperados pelo Manchester City.

De acordo com apuração do veículo citado, o atual campeão da Premier League quer receber cerca de 50 milhões de libras (R$ 308 milhões) pela transferência do camisa 9. Até agora, o Arsenal acenou com 30 milhões de libras (R$ 184,9 milhões). A tendência é que na próxima semana o montante fique mais recheado.

No dia 30 deste mês, Jesus entrará em seu último ano de contrato com os Citizens. Caso de fato aconteça a mudança de clube, o brasileiro irá reencontrar Mikel Arteta, antigo assistente de Pep Guardiola, desta vez como treinador principal. A boa relação da dupla, aliás, alçou Gabriel ao posto de prioridade dos Gunners no mercado.

Autor de 13 gols e 12 assistências em 41 compromissos da última temporada, o atacante terá a missão de impulsionar o sistema ofensivo da equipe londrina, que anotou apenas 61 gols no Campeonato Inglês 2021/22. Para o setor, Arteta conta também com Eddie Nketiah, que terá seu contrato renovado. Na teoria, o jovem será reserva de Jesus.

Gabriel Jesus Brasil Manchester City Arsenal Mercado Arteta
Atacante desencantou com a camisa da Seleção Brasileira na última data Fifa / Kenta Harada/GettyImages

A potencial transferência soluciona um caso de chegadas e saídas de ambos lados. No Arsenal, a despedida de Alexandre Lacazette e Pierre-Emerick Aubameyang deixou um vazio nos metros finais. No Manchester City, as contratações de Erling Haaland e Julián Álvarez indicam que Gabriel Jesus pode perder ainda mais espaço.

facebooktwitterreddit