Futebol Internacional

Árbitro escolhido para o Mundial de Clubes gerou polêmica em jogo do Palmeiras

Vitor Beloti
Fernando Rapallini foi o escolhido para representar a América do Sul no torneio
Fernando Rapallini foi o escolhido para representar a América do Sul no torneio / Pool/GettyImages
facebooktwitterreddit

Na tarde desta terça feira (18), a FIFA anunciou a lista dos árbitros que estarão presentes no Mundial de Clubes, que será realizado em fevereiro nos Emirados Árabes. No entanto, um nome não muito bem visto pelo Palmeiras está presente entre os selecionados: Fernando Rapallini.

Tudo isso porque na Libertadores de 2020 o argentino de 43 anos apitou o confronto do Verdão diante do Libertad, pelo jogo de ida das quartas de final, e foi criticado por não marcar um suposto pênalti.

Gustavo Gómez, Fernando Rapallini
Capitão do Palmeiras, Gustavo Gómez ficou indignado e foi tirar satisfação com a arbitragem / Pool/GettyImages

O lance aconteceu nos primeiros minutos de partida, quando o atacante Rony trombou com o zagueiro do time paraguaio e caiu dentro da grande área. Na época, o árbitro analisou as imagens do lance pelo VAR, mas decidiu manter a decisão que tomou dentro de campo. O Palmeiras, que programa a viagem para o Oriente Médio nos próximos dias, não comentou sobre a escalação de Fernando Rapallini no Mundial de Clubes. A ideia do clube é blindar os atuais jogadores do elenco e focar nos 90 minutos, sem se preocupar com os detalhes externos.

Arbitragem do Mundial de Clubes

Árbitro: Chris Beath (Austrália)
Assistentes: Anton Shchetinin e Ashley Beecham (Austrália)
Árbitro de vídeo (VAR): Anmar Aljeneibi (Emirados Árabes)

Árbitro: Mustapha Ghorbal (Argélia)
Assistentes: Mokrane Gourari e Abdelhak Etchiali (Argélia)
Árbitro de vídeo (VAR): não divulgado

Árbitro: Cesar Ramos (México)
Assistentes: Alberto Morin e Miguel Hernandez (México)

Árbitro: Fernando Rapallini (Argentina)
Assistentes: Juan Pablo Belati e Diego Bonfa (Argentina)
Árbitro de vídeo (VAR): Nicolas Gallo (Colômbia) e Mauro Vigliano (Argentina)

Árbitro: Clement Turpin (França)
Assistentes: Nicolas Danos e Cyril Gringore (França)
Árbitro de vídeo (VAR): Willy Delajod (França), Massimiliano Irrati (Itália), Paulus Van Boekel (Holanda)

Árbitro reserva: David Yareboinen (Papua Nova Guiné)

facebooktwitterreddit