Apresentado no Inter, Bruno Henrique comemora retorno ao Brasil e minimiza saída de Mano Menezes

  • Volante chega ao Colorado em meio à troca na comissão técnica
  • Ex-Palmeiras estava atuando no futebol da Arábia Saudita desde 2020

Ex-Palmeiras, volante de 33 anos assinou com o Colorado até 2025
Ex-Palmeiras, volante de 33 anos assinou com o Colorado até 2025 / NELSON ALMEIDA/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Internacional apresentou nesta quarta-feira (19) seu terceiro reforço nesta janela de transferências do meio do ano. No futebol saudita há três anos, Bruno Henrique acertou sua ida para o Colorado. O volante assinou contrato até o final de 2025.

Em suas primeiras palavras pela nova equipe, o jogador de 33 anos comemorou o retorno ao futebol brasileiro e agradeceu ao clube gaúcho por ter lhe aberto as portas. O Inter já monitorava o atleta há algum tempo.

"Agradeço à oportunidade de vestir esta camisa tão pesada e voltar ao futebol brasileiro. O Inter abriu as portas. Estou muito contente. Espero fazer meu trabalho bem feito. Temos um calendário apertado, com jogos grandes, difíceis, mas sei como funciona. Me preparei para ajudar o Inter nas competições que temos."

Bruno Henrique, volante do Inter

O meia estava defendendo o Al-Ittihad Jeddah, da Arábia Saudita. Na última temporada, marcou dois gols e deu duas assistências em 29 jogos. Apesar de ainda não estar regularizado, ele já vem treinando junto ao elenco do Inter.

Bruno Henrique chega ao Colorado em meio à troca de treinador. Nos últimos dias, o clube demitiu Mano Menezes e acertou o retorno de Eduardo Coudet. O volante já havia trabalhado com Mano em duas oportunidades, por Corinthians e Palmeiras, mas minimizou a saída do ex-técnico, deixando claro que vai se dedicar para agradar o novo comandante da equipe.

"Futebol brasileiro tem esta dinâmica. Não só aqui, mas no mundial também. Já trabalhei com o Mano duas vezes, mas acontece no futebol a troca. Preciso estar preparado para qualquer situação. O Inter me monitorava há bastante tempo. O treinador faz parte do processo, dá o aval, mas não só ele. Vem da presidência, estafe, que observa o jogador e tentar fechar com o jogador. Houve um esforço bacana da diretoria e estou muito contente. Espero corresponder"

Bruno Henrique, volante do Inter

Na 11ª colocação do Campeonato Brasileiro, o Internacional volta a campo pela competição no próximo domingo (23), contra o Red Bull Bragantino. O duelo acontece às 16h (de Brasília), no Nabizão.