Futebol brasileiro

Apostas de John Textor, dupla de estrangeiros ainda não estreou pelo Botafogo

Lucas Humberto
Luís Castro ainda aguarda gringos
Luís Castro ainda aguarda gringos / MB Media/GettyImages
facebooktwitterreddit

A revolução conduzida por John Textor foi sentida em todos os setores do Botafogo. Nas arquibancadas, na área técnica e, claro, no âmbito das transferências. Foram 12 reforços contratados na janela de abril. Chama atenção, contudo, que apenas dois ainda não estrearam: o lateral-esquerdo Niko Hämäläinen e o atacante Sebastian Joffre.

Botafogo Brasileirão Luís Castro
Glorioso convive com nova realidade após a chegada de Textor / MB Media/GettyImages

Caso você nunca tenha ouvido falar dos estrangeiros, está tudo certo. A dupla ainda está aguardando os vistos de trabalho para ganhar os primeiros minutos sob comando de Luís Castro. Embora ainda não tenham atuado oficialmente, o boliviano de 22 anos e o finlandês de 25 anos participam normalmente do cotidiano do clube, inclusive arrancando avaliações positivas.

Tímidos e de pouca conversa, os jogadores ainda estão em processo de adaptação ao Glorioso e, claro, ao país. Segundo informações do ge, além da questão do visto de trabalho, que impede a participação da dupla, há o entendimento da comissão técnica de que eles ainda precisarão de mais tempo até estarem totalmente familiarizados.

Por ora, o idioma não está entre os entraves. Joffre, que veio do Crystal Palace, entende bem o português e não mostra dificuldade no dia a dia. Niko, emprestado pelo QPR, por sua vez, se comunica com Luís Castro e o restante da comissão em inglês. Ele irá reforçar a lateral esquerda até a chegada de Marçal, que só deverá deixar o Wolverhampton ao fim da temporada europeia.

facebooktwitterreddit