Após Lucas Piton, Vasco quer outro jogador do Corinthians; Cruzmaltino já apresentou oferta

Antonio Mota
Emprestado pelo Corinthians ao Zenit, Ivan apareceu na mira do Vasco para 2023.
Emprestado pelo Corinthians ao Zenit, Ivan apareceu na mira do Vasco para 2023. / Maycon Soldan/Código19/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Depois de acertar a contratação do lateral Lucas Piton, o Vasco está interessado na compra de outro jogador do Corinthians. Conforme informações do “ge”, o Gigante da Colina se reaproximou do Timão e agora apresentou uma oferta pelo goleiro Ivan, que atualmente defende o Zenit, da Rússia, por empréstimo.

O Cruzmaltino avalia positivamente o goleiro de 25 anos e quer contar com seus serviços em 2023. Os valores da proposta da equipe de São Januário não foram revelados, mas o time de Itaquera mostrou disponibilidade e está aberto a uma negociação. Vale mencionar que os times têm uma boa relação e que isso pode ser favorável a um desfecho positivo.

O Corinthians ainda não deu uma resposta ao Vasco, que está otimista, mas não pretende negociar Ivan por uma quantia inferior ao que investiu na negociação com a Ponte Preta. No início deste ano, o Timão adquiriu 50% dos direitos econômicos do arqueiro, que foi liberado pela Macaca em troca da quitação de uma dívida de cerca de R$ 11 milhões com o empresário do jogador. A Elenko Sports e o atleta detêm o restante do passe.

Enquanto espera um sinal do Corinthians, o Vasco também se movimenta em busca de um acordo com Ivan. As negociações estão em curso e, até aqui, os envolvidos ainda não se acertaram.

Aos 25 anos, Ivan iniciou sua carreira na Ponte Preta e lá surgiu como uma das grandes promessas da posição no país. Assim, despertou o interesse de diversas equipes. O Corinthians o contratou no início deste ano e, tempos depois, o envolveu na negociação com o Zenit pela contratação de Yuri Alberto. Ele não emplacou na Rússia e pode voltar ao seu país natal em breve.

Mas e o Zenit?

Emprestado, Ivan tem contrato com o Zenit apenas até o final da temporada europeia, ou seja, até meados do ano que vem. A equipe russa pode garantir a compra do arqueiro – 80% dos direitos econômicos – por 4 milhões de euros (mais de R$ 21 milhões, pela cotação atual).

facebooktwitterreddit