Futebol brasileiro

Após jogar 27 minutos em um ano, Orlando Berrío está fora do América-MG

Bia Palumbo
Colombiano que passou pelo Flamengo agora está livre no mercado
Colombiano que passou pelo Flamengo agora está livre no mercado / Bruna Prado/GettyImages
facebooktwitterreddit

A trajetória do colombiano Orlando Berrío no América-MG durou cerca de um ano. Neste período ele disputou apenas dois jogos, sendo o mais recente em setembro de 2021, e desde então se recuperava de lesão grave.

Aos 31 anos, Berrío ganhou projeção internacional ao integrar o elenco do Atlético Nacional campeão da Libertadores em 2016, foi contratado pelo Flamengo e ficou lá até assinar com um clube dos Emirados Árabes, mas não conseguiu jogar e acertou com o Coelho.

Berrío jogou duas partidas no Brasileirão de 2021 e depois voltou ao Departamento Médico para tratar problemas na perna esquerda - primeiro um caso de atrofia muscular e depois um derrame articular no joelho. Desde então ele está fora dos gramados - entrou em campo pela última vez em setembro, quando ficou 11 minutos em campo na vitória por 2 a 0 sobre o Athletico-PR. No total foram 27 minutos em campo, considerando a estreia dele diante do Ceará em agosto de 2021.

Nota oficial do América-MG

"O América informa que o atacante Orlando Berrío chegou ao fim de seu vínculo com o Clube. Contratado em julho do ano passado, Berrío infelizmente enfrentou uma situação delicada ao ter diagnosticada uma lesão fúngica na região da tíbia da perna esquerda - uma lesão raríssima no ramo do esporte.

O atleta passou por um período de internação e procedimentos cirúrgicos no mês de novembro, recebendo todo o suporte do Clube desde então. Durante o tratamento, Berrío teve seu contrato ampliado até este mês.

Em junho, ele iniciou os trabalhos de transição física e vinha participando dos treinamentos nas últimas semanas.

O América agradece a Berrío pelo seu alto nível de profissionalismo e envolvimento com o Clube durante sua passagem, inclusive durante o período delicado de tratamento da lesão fúngica. Desejamos todo o sucesso no prosseguimento de sua carreira."

facebooktwitterreddit