Fora do Campo

Após derrota do Atlético-GO, presidente Adson Batista protesta contra a arbitragem: 'Despreparado'

Lucas Humberto
Dragão caiu para o Santos, por 1 a 0, neste domingo, 10, em partida do Brasileirão realizada na Vila Belmiro
Dragão caiu para o Santos, por 1 a 0, neste domingo, 10, em partida do Brasileirão realizada na Vila Belmiro / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

Neste domingo, 10, o Atlético-GO sofreu sua segunda derrota seguida válida pelo Campeonato Brasileiro. Na Vila Belmiro, o Dragão acabou superado por 1 a 0 pelo Santos, com gol de Lucas Barbosa. A parcial, combinada com outros resultados, levou os goianienses de volta à temida zona do rebaixamento. Já são três rodadas sem vencer.

Nas redes sociais, Adson Batista, presidente do rubro-negro do centro-oeste, manifestou sua indignação com a arbitragem de Bráulio da Silva Machado. Para o mandatário, a postura do profissional cadenciou o confronto. No saldo total da partida, foram 10 cartões amarelos e 31 faltas assinaladas.

"O árbitro Bráulio da Silva Machado é muito despreparado! O jogo não flui, não tem critério, infelizmente ele prioriza o antijogo e não tem condição de apitar a Série A do Campeonato Brasileiro. Esperamos árbitros mais capacitados, que priorizem o jogo!", escreveu. Em seguida, Adson marcou os perfis da CBF e de Wilson Seneme, presidente da comissão de arbitragem da entidade.

facebooktwitterreddit