Aos 45 minutos do segundo tempo

Oct 30, 2020, 2:29 PM GMT-3
FBL-WC2014-RSA-BRA-FRIENDLY
FBL-WC2014-RSA-BRA-FRIENDLY | MARCO LONGARI/Getty Images
facebooktwitterreddit

Futebol é sorriso! É sorriso porque é alegria. Tudo bem, assumo que quando nosso time leva um gol aos 45 minutos do segundo tempo e isso nos custa uma importante vitória, é difícil até mesmo um sorriso de canto de boca. Mas, mesmo assim, futebol é sorriso, é alegria, é união. O futebol sempre me impressionou pela sua capacidade de unir, de superar barreiras, de trazer alegria para as pessoas que passam pelas dificuldades da vida.

O futebol é bom, muito bom. Mesmo quando nosso time não vai bem, o futebol é bom. Porque um dia o ciclo de derrotas vai acabar e a alegria da vitória irá retornar. Futebol é bom porque nos dá a oportunidade de esquecer, mesmo que por apenas 90 minutos, dos desafios da vida ordinária, dos problemas, das tristezas. O futebol é bom porque une as pessoas. É fato que alguns, que nem sequer podemos considerar torcedores, mancham toda a beleza do esporte ao praticarem atos de violência. Mas esse não é o foco desta crônica, não vamos deter a isso.

Quero falar de alegria, de abraços. Futebol de verdade é aquele momento em que seu time marca um gol aos 45 minutos do segundo tempo e você olha para o lado e abraça a primeira pessoa que você encontrar. Futebol de verdade também é aquele momento em que seu time leva um gol aos 45 minutos do segundo tempo e você olha para o lado e chora junto com a primeiro pessoa que você encontrar. Sim, esse abraço desconhecido aos 45 minutos: isso é o futebol.

É o abraço desconhecido, é a caixinha de surpresas. Futebol é alegria! É alegria para os Danieis, para os Bernardos, para as Alines, para os Vitors, para os Rodrigos. Pois bem, chegamos aos 45 minutos do segundo tempo, totalizando assim: 90 MINUTOS! Até a próxima!

facebooktwitterreddit