Série A italiana

Ao estilo Brasil? Genoa demite técnico Shevchenko apenas dois meses depois de contratá-lo

Fabio Utz
Ucraniano estava no cargo desde novembro
Ucraniano estava no cargo desde novembro / Jonathan Moscrop/GettyImages
facebooktwitterreddit

Acabou sem sucesso a primeira experiência de Andriy Shevchenko como técnico de um clube de futebol. Neste sábado, o Genoa comunicou a demissão do profissional apenas dois meses depois de chegar ao cargo.

Anunciado pela equipe italiano no dia 7 de novembro, o profissional de 45 anos assinou contrato até 2024. Porém, o período foi, e muito, abreviado. O time genovês é o penúltimo colocado da Serie A, tendo conquistado apenas 12 pontos em 21 jogos. No Campeonato Italiano, Shevchenko não conseguiu uma vitória sequer. Além disso, viu o clube ser eliminado na quinta-feira da Copa da Itália.

Johan Vasquez, Pierre Kalulu Milan Genoa Copa da Itália
Milan eliminou o Genoa da Copa da Itália / Jonathan Moscrop/GettyImages

O ex-atacante é considerado o maior jogador da história da Ucrânia, tendo defendido equipes como Milan e Chelsea. Como treinador, antes de chegar ao Genoa, havia estado à frente apenas da seleção de seus país.

facebooktwitterreddit