Opinião

Ao cobrar respeito, Neymar dá mais uma mostra do quanto é imaturo

Fabio Utz
Camisa 10 segue sem saber lidar com as críticas
Camisa 10 segue sem saber lidar com as críticas / Pedro Vilela/Getty Images
facebooktwitterreddit

"Não sei mais o que faço com essa camisa para a galera respeitar o Neymar". Essa foi a declaração do camisa 10 da Seleção Brasileira após a vitória desta quinta-feira, sobre o Peru, pelas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo. Pois a resposta é simples, menino Ney: não falar esse tipo de coisa totalmente sem nexo.

O atleta tem todo direito de se sentir desrespeitado, mesmo que a realidade aponte, apenas, para críticas que podem ser feitas por qualquer um e a qualquer momento. No entanto, frases como esta mostram como Neymar também desrespeita quem tem total liberdade para emitir opinião. O fato dele ser astro, milionário e craque não lhe dá o direito de estar acima do bem e do mal.

Aliás, criticar a forma física de um jogador, um ato impensado dentro de campo ou uma má atuação não é desrespeitar. É, simplesmente, criticar. Se Neymar não sabe diferenciar uma coisa da outra, bom, mais se justificam as opiniões contrárias ao jogador. Afinal, isso só mostra o quanto ele ainda não deixou de ser, apenas, um menino mimado.

facebooktwitterreddit