Alvo de reclamações, gramado do Maracanã começa a ser trocado durante 'brecha' no calendário

Nathália Almeida
2020 Brasileirao Series A: Fluminense v Flamengo Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus
2020 Brasileirao Series A: Fluminense v Flamengo Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus / Buda Mendes/Getty Images
facebooktwitterreddit

Na noite da última quarta-feira (16), o Fluminense adentrou o Maracanã para encarar o Atlético-GO, em partida válida pela quarta fase da Copa do Brasil. Este foi o último compromisso sediado no estádio em um intervalo de onze dias, brecha valiosa que será aproveitada pelos administradores para promover a troca do criticado gramado.

Como destaca o Globoesporte, as más condições do campo vinham sendo sistematicamente e publicamente criticadas por diversos jogadores e comissões técnicas, tanto dos mandantes, quanto dos visitantes. O Flamengo, através do vice-presidente de futebol Marcos Braz, classificou o gramado do Maracanã como o 'pior do Brasil', queixas que implicaram na decisão pela troca durante este breve hiato de compromissos no estádio.

2020 Brasileirao Series A: Fluminense v Flamengo Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus
2020 Brasileirao Series A: Fluminense v Flamengo Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus / Buda Mendes/Getty Images

Utilizado pela dupla Fla-Flu, o Maracanã é um dos estádios da Série A que mais recebem partidas na temporada, visto o calendário recheado das duas equipes. Após a reforma do campo, o estádio volta a ser reaberto no dia 28 de setembro, com a partida entre Fluminense e Coritiba pelo Brasileirão. O Flamengo, por sua vez, volta a jogar em sua casa no dia 30 deste mês, em duelo contra o Independiente del Valle pela fase de grupos da Libertadores.

facebooktwitterreddit