Palmeiras

Alvo de clubes estrangeiros, Abel Ferreira recusa oferta do Mundo Árabe – veja detalhes

Nathália Almeida
Bicampeão da América, Abel está na mira de vários clubes
Bicampeão da América, Abel está na mira de vários clubes / Pool/GettyImages
facebooktwitterreddit

Anunciado pelo Palmeiras em outubro do ano passado, Abel Ferreira fez história em apenas 13 meses de trabalho na Academia de Futebol, faturando duas edições de Conmebol Libertadores (2020/2021) e uma Copa do Brasil. Adorado pelo torcedor alviverde e já no rol dos maiores técnicos de todos os tempos do clube paulista, o lusitano ainda não sabe qual será o seu futuro, mas tomou uma decisão importante neste início de semana, poucos dias após celebrar a conquista da América.

De acordo com a apuração do globoesporte.com, Abel Ferreira recusou a proposta do Al-Nassr, da Arábia Saudita, um dos clubes que tinha interesse em sua contratação para a temporada 2022. Os valores oferecidos pelo time saudita assustam - cerca de R$ 127 milhões por um contrato de dois anos e meio -, mas não foram suficientes para convencer o comandante em deixar o Palmeiras rumo ao chamado "Mundo Árabe".

Abel Ferreira
Abel Ferreira ainda não decidiu se seguirá no Palmeiras / Ernesto Ryan/GettyImages

A recusa por parte de Abel Ferreira dá um novo ânimo ao Verdão e sua nova diretoria na missão de convencê-lo a seguir na Academia, apesar de sua grande insatisfação com o calendário brasileiro, externada logo após a conquista da Libertadores: "Tenho que fazer uma reflexão com a família. Não consigo jogo, descanso, jogo. Não é para mim. Não consigo estar na minha máxima força. É desumano o que fazem aqui", afirmou.

Contudo, as "ameaças" ao Palmeiras ainda não cessaram, já que o jovem treinador aparece na mira de outros clubes estrangeiros: equipes que disputam a MLS, dos Estados Unidos, e o Besiktas, da Turquia, monitoram a situação do luso.

facebooktwitterreddit