Transferências

Alívio nos cofres: São Paulo enxuga folha salarial com saída de jogadores, mas segue de olho em reforços

Daniel Farias
Tricolor faz reformulação no elenco para 2022
Tricolor faz reformulação no elenco para 2022 / Ernesto Ryan/GettyImages
facebooktwitterreddit

O São Paulo quer fazer uma temporada mais consistente em 2022 e para isso tem dado uma grande importância ao mercado de transferências. A ideia é reforçar o elenco para lutar por objetivos maiores na próxima temporada. Para que isso seja possível, porém, é necessário um certo equilíbrio financeiro. Negociando a saída de alguns jogadores, o clube tem conseguido enxugar sua folha salarial e calcula já ter alcançado uma economia de R$ 2 milhões, segundo o UOL Esporte.

Esse valor estaria relacionado a salários e direitos de imagem. É importante destacar que o São Paulo já acertou a saída de nove jogadores do seu elenco: Bruno Alves, Orejuela, Martín Benítez, Joao Rojas, Rodrigo Freitas, Lucas Perri, William, Shaylon e Dênis Junior. Parte desses atletas deixou o clube de forma definitiva, enquanto outros nomes foram apenas emprestados. Independente disso, a saída de todos eles representa de alguma forma uma certa economia para o clube paulista.

Bruno Alves
Zagueiro Bruno Alves foi negociado com o Grêmio / Miguel Schincariol/GettyImages

Dos jogadores que ainda fazem parte do elenco do São Paulo, alguns estão na mira de outros clubes. Um exemplo é o atacante Pablo. O jogador de 29 anos está na mira do Ceará, que deseja contar com o jogador por empréstimo e o tricolor pensa em aliviar ainda mais as contas. As conversas existem, mas o clube cearense considera a negociação como complicada. Além dele, outro que interessa ao alvinegro é o meia-atacante Vitor Bueno.

A pauta no Tricolor, porém, não é só a saída de jogadores. O clube tem batalhado no mercado de transferências em busca de novas peças para o ano que se aproxima. Até o momento, o atual campeão paulista anunciou as contratações do goleiro Jandrei, ex-Santos, do lateral-direito Rafinha e do meia-atacante Alisson, ex-Grêmio. O time comandado por Rogério Ceni não quer parar por aí e segue atento a novas oportunidades no mercado e esse equilíbrio nas contas pode ajudar o time em futuros investimentos.

facebooktwitterreddit