São Paulo

Além do uniforme! Saiba o que o novo patrocínio, já oficializado, representa para o futuro do São Paulo

Fabio Utz
Clube passa por um momento de reestruturação financeira
Clube passa por um momento de reestruturação financeira / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

Na sexta-feira, o São Paulo anunciou seu novo patrocinador. A empresa de criptomoedas Bitso para a estampar sua marca nas mangas do uniforme do time profissional masculino. E esta parceria tem um significado bastante especial.

Em primeiro lugar, o Tricolor 'fecha' seu manto. Isso quer dizer que todos os espaços disponíveis para patrocínios ficam ocupados - o clube tem a Sportsbet.io como seu patrocinador máster, a Gazin na barra traseira da camisa, a Roku na omoplata e a Socios.com na linha frontal, isso sem contar o calção com ABC da Construção, Cimentos Cauê e Cartão de Todos.

Além disso, o aspecto financeiro é algo importante. Em cada um dos três anos de contrato a Bitso pagará R# 13,5 milhões. Para se ter uma ideia, no ano de 2020 o São Paulo faturou, no total, R$ 16 milhões em marketing. Ou seja, os cofres ficam reforçados, o que garante um fluxo de caixa mais duradouro. Por fim, há um pré-acordo para a empresa ceder os naming rights para um espaço considerado estratégico do Morumbi. Aliás, não se descarta que ela possa dar nome ao próprio estádio no futuro, gerando um aporte de dinheiro ainda maior. É como uma semente plantada para dar frutos mais adiante...

Para mais notícias do São Paulo, clique aqui.

facebooktwitterreddit