Ainda sem contabilizar vendas, Palmeiras acumula déficit importante em 2020 - veja números do clube

Fabio Utz
Alexandre Schneider/Getty Images
facebooktwitterreddit

O ano é, sim, de dificuldades financeiras. Muito embora nos últimos tempos o Palmeiras tenha se mostrado um clube equilibrado do ponto de vista administrativo, a pandemia de coronavírus também atingiu em cheio a estrutura do Verdão. A prova disso é o aumento do déficit, revelado pela prestação de contas.

Até o mês de agosto, o Verdão registrou um prejuízo de R$ 136,6 milhões - este valor era R$ 21 milhões menor ao final de junho. Fatores como falta de renda do dia a dia de jogos, desvalorização cambial - que afeta diretamente compromissos assinados tendo como base moedas estrangeiras -, alteração de calendário e queda no número de contribuintes do programa Avanti são elencados como fundamentais para este cenário. No entanto, o clube se voltou, recentemente, para a venda de atletas para tentar amenizar a situação. Ainda não estão contabilizados, por exemplo, os cerca de R$100 milhões obtidos recentemente com a saída de profissionais.

Ainda assim, a informação é de que o Palmeiras tem o controle de suas finanças, que podem voltar "ao normal" em um médio prazo. Mesmo em meio à crise, não houve corte no quadro de funcionários do clube, e todos os contratos já firmados foram cumpridos sem atrasos.

Para mais notícias do Palmeiras, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit