Brasileirao Série A

Ainda não acabou! Na volta ao Maracanã, torcida 'abraça' os jogadores e Flamengo derrota o Ceará

Vitor Beloti
Sintonia: Gabigol abriu o placar no Maracanã e foi comemorar com a torcida
Sintonia: Gabigol abriu o placar no Maracanã e foi comemorar com a torcida / Buda Mendes/GettyImages
facebooktwitterreddit

A perda do título da Conmebol Libertadores 2021 para o Palmeiras por 2 a 1 na prorrogação no último final de semana foi muito dolorida para o Flamengo, mas nem por isso os torcedores deixaram de comparecer nesta noite ao Maracanã para apoiar a equipe em mais uma rodada do Campeonato Brasileiro. Cerca de 47 mil pessoas assistiram à vitória por 2 a 1 sobre o Ceará no primeiro jogo após a saída do técnico Renato Gaúcho.

Apesar do Brasileirão estar bem encaminhado para o líder Atlético-MG, o rubro-negro carioca segue com chances de ser tricampeão. Além de ter conquistado um bom resultado, o time comandado interinamente pelo auxiliar técnico Maurício Souza atuou bem durante os 90 minutos e mostrou competitividade diante de um adversário difícil de ser batido e que briga por vaga na Libertadores 2022.

"A Nação deu mais uma prova de amor ao clube. Eles perceberam que todos nós estávamos muito machucados com a derrota. Sabíamos que precisávamos fazer um bom jogo para termos uma resposta positiva. Fico muito feliz com o que vimos aqui no Maracanã."

Mauricio Souza, interino do Flamengo

O primeiro gol saiu após uma boa marcação pressão da equipe rubro-negra que deixou o artilheiro Gabigol livre para balançar as redes do Maracanã, e foi comemorar com um grande abraço nos torcedores que estavam presentes na arquibancada, além de aproveitar para tirar uma selfie ao lado dos demais jogadores do elenco.

Gabriel Barbosa
Gabriel Barbosa marcou o 12º gol dele no Brasileirão e está a cinco do artilheiro Hulk / Buda Mendes/GettyImages

Na segunda etapa do confronto, o Ceará ainda conseguiu reagir e empatou a partida após o atacante Rick ampliar o placar aos 25 minutos de jogo, mas não durou por muito tempo já que o jovem lateral direito Matheuzinho voltou a deixar o Mais Querido na frente do placar.

O Atlético-MG precisa somar apenas 2 pontos nos próximos três jogos para se tornar bicampeão nacional, mas o duelo foi importante para ressaltar o amor que vive dentro de cada torcedor quando o assunto está atrelado ao Flamengo.

facebooktwitterreddit