Palmeiras

Abel Ferreira fala em plano do Palmeiras para Endrick e projeta: ‘Que possa ser campeão na equipe principal’

Matheus Nunes
Abel Ferreira fala sobre o projeto do Palmeiras para Endrick. Treinador detalha o planejamento da equipe para a joia.
Abel Ferreira fala sobre o projeto do Palmeiras para Endrick. Treinador detalha o planejamento da equipe para a joia. / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

Principal joia das categorias de base do Palmeiras, com apenas 16 anos, Endrick não vê a hora de ser promovido para o time principal. Apesar da expectativa criada em cima do jovem, Abel Ferreira revelou que existe um planejamento do clube para o atacante subir para o profissional. A declaração foi dada após a vitória sobre o Juventude no sábado (10), pelo Campeonato Brasileiro.

"O mesmo aconteceu com todos desde que cheguei aqui. Foi assim como o Danilo, Patrick, Renan, Menino. As coisas são feitas de forma gradual. O clube tem projeto para os jogadores."

Abel Ferreira, técnico do Palmeiras

O treinador do Verdão também ressaltou a preocupação em não 'queimar etapas' e não prejudicar a sequência da carreira dos garotos da base. "Às vezes nós queimamos etapas. Por exemplo, o Renan foi nosso titular por muito tempo. Nós decidimos emprestar ao Bragantino para que continuasse jogando e depois retornasse. E tivemos dificuldades. No futebol o mesmo remédio não é igual para todos. Fizemos assim com o Danilo e temos que fazer assim para todos".

A expectativa era que Endrick estreasse contra o Juventude, após o empresário Wagner Ribeiro revelar durante a semana que o jogador seria relacionado para a partida. A declaração do agente não foi bem vista pelo atacante, que esclareceu nas redes sociais.

"Não tenho data de estreia marcada, nem de saída, e nunca estive tão feliz no Palmeiras"

Endrick, atacante do Palmeiras

Apesar de ter apenas 16 anos, Endrick já está atuando com o Palmeiras no Brasileirão Sub-20, onde o time é finalista e decide o título com o Corinthians. "Há um plano e vai ser seguido pelo clube e não pelo treinador. O Endrick começou esse ano competindo no sub-17, podia estar competindo no 20, mas o clube entendeu que tinha que ser no 17. E ele ganhou no 17. A seguir, vai competir no sub-20. Se tudo ocorrer bem, ele vai ser campeão no 20", disse, finalizando:

"E se tudo seguir o plano e o projeto normal,
esperamos que ele possa ser campeão na equipe principal", finalizou Abel Ferreira.

facebooktwitterreddit