Copa Libertadores

A seleção ideal da rodada de ida das quartas de final da Libertadores

Antonio Mota
Com domínio do Flamengo e jogadores de Athletico, Palmeiras e Galo, veja a seleção ideal dos jogos de ida das quartas de final da Libertadores.
Com domínio do Flamengo e jogadores de Athletico, Palmeiras e Galo, veja a seleção ideal dos jogos de ida das quartas de final da Libertadores. / Buda Mendes/GettyImages
facebooktwitterreddit

Agora restam apenas 90 minutos! A rodada de ida das quartas de final da Conmebol Libertadores de 2022 acabou na noite da última quinta-feira, 4, com o empate entre Athletico-PR e Estudiantes, na Arena da Baixada. Com isso, os times que ainda estão na copa já começam a se preparar para os confrontos de volta, marcados para a próxima semana. Quais times darão mais um passo rumo à Glória Eterna?

Sem mais pormenores, confira a aguardada seleção ideal da rodada de ida das quartas de final da Libertadores.

1. Mariano Andújar – Estudiantes

Andújar fez boas defesas na Arena da Baixada.
Andújar ajudou o Estudiantes a conquistar um importante resultado na Arena da Baixada. / Marcelo Endelli/GettyImages

Alguns goleiros se destacaram nessa mão das quartas de final da Libertadores, como Bento, do Athletico, e Santos, do Flamengo, mas Mariano Andújar, do Estudiantes, merece essa vaga. O arqueiro fez boas defesas e foi peça-chave da equipe de La Plata na Arena da Baixada. Ajudou o time a alcançar o resultado esperado.

2. Leonardo Jara – Vélez Sarsfield

Leonardo Jara deu duas assistências no jogo do Vélez.
Vai uma assistência aí? Jara foi “garçom” na rodada de ida das quartas de final da Libertadores. / Marcelo Endelli/GettyImages

Apesar das boas atuações de Rodinei, do Flamengo, e Khellven, do Athletico, Leonardo Jara foi o lateral-direito que mais brilhou nos jogos de ida das quartas de final da Libertadores. Afinal, o futebolista do Vélez deu duas assistências na vitória sobre o Talleres e ainda contribuiu em outras jogadas na defesa e no ataque. Foi muito bem.

3. Pedro Henrique – Athletico-PR

Pedro Henrique foi bem em Athletico x Estudiantes.
Pedro Henrique tomou conta da defesa do Athletico. / Pool/GettyImages

Pedro Henrique foi muito bem no desafio do Athletico nessa etapa da Libertadores. Muito seguro e regular, o zagueiro conseguiu levar a melhor em duelos e destruiu lances que poderiam ser bons para o Estudiantes. Mais uma boa atuação do defensor.

4. Léo Pereira – Flamengo

Léo Pereira atravessa grande momento no Flamengo.
Léo Pereira vive excelente fase no Flamengo. / Miguel Schincariol/GettyImages

Léo Pereira atravessa um ótimo momento no Flamengo e provou isso novamente na Neo Química Arena. Contra o Corinthians, o zagueiro mostrou muita segurança, levou a melhor em diversos confrontos individuais e não deu brechas para os adversários. Ótima atuação.

5. Filipe Luís – Flamengo

Filipe Luís é homem de confiança no Flamengo.
Filipe Luís é muito eficiente e peça importante no Flamengo. / Alexandre Schneider/GettyImages

Filipe Luís é outro defensor do Flamengo que se destacou contra o Corinthians. Com muita seriedade e a maestria de quem conhece os atalhos do campo, o lateral-esquerdo ajudou na saída de bola e teve uma performance de altíssimo nível. Ponto para o medalhão.

6. Fernandinho – Athletico-PR

Fernandinho já começa a assumir protagonismo no Athletico.
Fernandinho teve mais uma boa atuação pelo Athletico. / ALBARI ROSA/GettyImages

Fernandinho mostra jogo após jogo que não brilhou na Europa por obra do acaso. Muito lucido e refinado, o volante do Athletico realizou bons lançamentos, se movimentou muito e foi figura importante no embate contra o Estudiantes. Foi eleito pela Conmebol o melhor em campo.

7. Matías Zaracho – Atlético-MG

Matias Zaracho foi muito bem no embate do Galo contra o Palmeiras.
Zaracho teve uma baita atuação em Galo x Palmeiras. / Pedro Vilela/GettyImages

Zaracho teve uma das suas melhores atuações na temporada no duelo do Atlético-MG contra o Palmeiras, no Mineirão. Participativo e cheio de vontade, o meia-atacante não poupou esforços e apareceu em praticamente todos os espaços do campo. Foi bem na defesa e no ataque.

8. Giorgian De Arrascaeta – Flamengo

Arrascaeta marcou um golaço em Corinthians x Flamengo.
Arrascaeta anotou uma pintura em Itaquera. / Alexandre Schneider/GettyImages

Grande protagonista do Flamengo, Arrascaeta é muito diferente e deixou isso muito claro em Itaquera. Com muita precisão nos lances e controle das jogadas, o camisa 14 foi peça importante do time contra o Corinthians e até marcou um golaço. Faz a diferença em praticamente todos os jogos do Fla.

9. Gustavo Scarpa – Palmeiras

Gustavo Scarpa tem chamado a responsabilidade no Verdão.
Scarpa tem feito a diferença nos jogos do Palmeiras. / Ricardo Moreira/GettyImages

Gustavo Scarpa vive um momento iluminado no Palmeiras. Nos últimos meses, o homem de confiança de Abel Ferreira cresceu muito de produção e se tornou ainda mais importante para a equipe alviverde. Contra o Atlético-MG, o camisa 14 não se escondeu, participou diretamente dos lances que acabaram em gol e ainda colaborou na parte defensiva. Vai fazer falta em 2023.

10. Lucas Janson – Vélez Sarsfield

Lucas Janson anotou doblete em Vélez x Talleres.
Lucas Janson é o goleador do Vélez. / Marcelo Endelli/GettyImages

Lucas Janson foi um dos grandes personagens da vitória do Vélez sobre o Talleres. Com doblete (dois gols) e muito empenho, o atacante mostrou muita entrega no setor de ataque e buscou ajudar de todas as maneiras possíveis. Seus tentos ajudaram o time a não perder em casa para o rival da Argentina.

11. Gabigol – Flamengo

Gabigol foi às redes e ajudou muito o Flamengo em Itaquera.
Gabigol foi outro destaque do Flamengo em Itaquera. / Ricardo Moreira/GettyImages

Gabigol marcou o segundo gol do Flamengo contra o Corinthians. Além de vazar a meta de Cássio, o camisa 9 procurou o jogo, em especial na segunda etapa, e soube aproveitar a melhor chance que teve para ampliar a vantagem do Fla. Foi bem.

facebooktwitterreddit