Brasileirao Série A

A seleção da 16ª rodada do Campeonato Brasileiro

Antonio Mota
Edenílson, Cuesta e mais: a 16ª rodada do Campeonato Brasileiro pegou fogo. Veja os destaques.
Edenílson, Cuesta e mais: a 16ª rodada do Campeonato Brasileiro pegou fogo. Veja os destaques. / Silvio Avila/Getty Images
facebooktwitterreddit

A 16ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2021 chegou ao fim na noite da última segunda-feira, 16, com a Chapecoense empatando em 1 a 1 com o América-MG. Agora, com todos os 10 jogos encerrados, é hora de olhar para os jogadores que se destacaram e montar mais um time ideal da jornada. A seguir, veja a seleção da 16ª rodada do Brasileirão.

1. Fernando Miguel (Atlético-GO)

Fernando Miguel Atlético-GO
Fernando Miguel foi bem na meta do Dragão. / EVARISTO SA/Getty Images

O Bahia tentou muito, mas não conseguiu ser tão efetivo e acabou pagando caro: perdeu de virada para o Atlético-GO. Além disso, o Tricolor de Aço também viu Fernando Miguel fazer boas intervenções durante o jogo. O arqueiro fez boas defesas e ajudou o Dragão a conquistar três pontos em Salvador.

2. Isla (Flamengo)

Isla Flamengo
Isla cresceu muito de produção no Fla desde a chegada de Renato Gaúcho. / Wagner Meier/Getty Images

Em evolução desde a chegada de Renato Gaúcho, Mauricio Isla foi um dos destaques do Flamengo na 16ª rodada do Brasileirão. Contra o Sport, o lateral-direito soube aproveitar os espaços e participou bastante no setor ofensivo. Além disso, o chileno tirou na linha o que seria um gol do Leão.

3. Victor Cuesta (Internacional)

Víctor Cuesta Internacional
Zagueiro garçom? Victor Cuesta deu duas assistências na 16ª rodada do Brasileirão. / Silvio Avila/Getty Images

O zagueiro Victor Cuesta viveu um dia “diferente” para um zagueiro na 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para além da parte defensivo, o defensor se lançou ao ataque e foi fundamental para o triunfo por 4 a 2 do Inter contra o Fluminense, tendo dado duas assistências no jogo.

4. Léo Pereira (Flamengo)

Flamengo Leo Pereira
Léo Pereira fez mais uma excelente partida com o manto do Flamengo. / Miguel Schincariol/Getty Images

Sem Rodrigo Caio, o Flamengo tem Léo Pereira como uma das suas referências defensivas. Após um longo período de críticas, o zagueiro vem mostrando muita segurança e solidez na defesa. Ele também consegue auxiliar na saída de bola com qualidade. Excelente atuação do defensor contra o Sport.

5. Guilherme Arana (Atlético-MG)

Guilherme Arana
Guilherme Arana vive um momento fantástico no Galo. / Pool/Getty Images

Guilherme Arana não chegou à Seleção Brasileira por obra do acaso. Voando baixo no Atlético-MG, o lateral-esquerdo foi peça-chave do Galo contra o Palmeiras. Além de ter ido bem na defesa, ele ainda foi vital no ataque, tendo dado dois passes para gol. Jogou muito.

6. Jair (Atlético-MG)

Jair
Jair foi soberano no meio de campo do Atlético na 16ª rodada do Brasileirão. / Pedro Vilela/Getty Images

Embora não tenha tido tanta liberdade para ir ao ataque, Jair foi soberano no meio de campo do Atlético contra o Palmeiras. Em dia especial, já que fez o seu 100º jogo pelo clube, o volante foi firme, seguro e dificultou a vida do setor de criação do Verdão. Boa atuação.

7. Edenílson (Internacional)

Internacional Edenilson
Olha o artilheiro Edenílson aí... / Silvio Avila/Getty Images

Após acabar com o Flamengo, Edenílson resolveu não perdoar o Fluminense. Com muito faro de gol, o meio-campista aproveitou os lançamentos de Cuesta e marcou dois gols. O “matador” segue decidindo para o Colorado.

8. Wagner (Juventude)

Wagner Juventude
Com qualidade e experiência, Wagner foi o herói do Juventude nesta rodada da Série A. / Luciano Claudino/Código19/Gazeta Press

Lembra dele? O medalhão Wagner precisou de apenas 45 minutos em campo para garantir o triunfo do Juventude contra o Red Bull Bragantino. Inspirado, o meio-campista entrou no intervalo, mostrou faro de gol e marcou duas vezes.

9. Savarino (Atlético-MG)

Jefferson Savarino
Savarino decidiu para o Galo. / Pedro Vilela/Getty Images

Savarino não começou bem na 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Fora de sintonia com os companheiros, o atacante errou passes e se mostrou meio “travado”. Porém, oportunista e ligeiro, o venezuelano aproveitou duas boas chances e foi às redes duas vezes. Acabou com o Verdão.

10. Adson (Corinthians)

Adson foi o cara do Corinthians contra o Ceará. Promessa do Timão, o meio-campista aproveitou a liberdade que recebeu e fez dois gols na 16ª rodada do Brasileirão, e por pouco não fez mais um – chutou para fora após driblar o goleiro Richard, do Vozão. Não ficou em campo os 90 minutos, mas foi determinante para o triunfo do time de São Paulo.

11. Yuri Alberto (Internacional)

Yuri Alberto Internacional
Yuri Alberto está iluminado. / Silvio Avila/Getty Images

A 16ª rodada do Campeonato Brasileiro não foi a melhor para os centroavantes. Porém, ainda assim, Yuri Alberto conseguiu anotar o seu gol e ainda quase marcar mais um, mas Marcos Felipe não deixou. Um boa atuação.

facebooktwitterreddit