Seleção Brasileira

9 jogadores que encaram 2022 como decisivos pensando na Seleção Brasileira

Antonio Mota
A Seleção Brasileira está praticamente fechada para a Copa do Mundo de 2022.
A Seleção Brasileira está praticamente fechada para a Copa do Mundo de 2022. / Buda Mendes/GettyImages
facebooktwitterreddit

Após sobrar nas Eliminatórias Sul-Americanas e confirmar presença de forma muito antecipada na Copa do Mundo de 2022, a Seleção Brasileira iniciou os trabalhos específicos para o Mundial. Neste sentido, o técnico Tite observa os pontos que precisa melhorar na Canarinha e quais posições ainda não estão 100% “fechadas” para os desafios no Catar. E, assim, aparecem vagas a serem preenchidas na Seleção.

Sem mais delongas, veja 9 jogadores que encaram 2022 como decisivos pensando na Seleção Brasileira.

1. Daniel Alves – Barcelona

Dani Alves Barcelona Seleção Brasileira
De volta ao Barcelona, Daniel Alves vai ter que correr atrás do espaço perdido na Seleção Brasileira. / AFP7/GettyImages

Após deixar o São Paulo e fechar com o Barcelona, Daniel Alves naturalmente reapareceu no radar da Seleção Brasileira. Aos 38 anos, o lateral-direito sonha em disputar a próxima Copa do Mundo, mas não deixou uma boa imagem em seu último clube e agora vai ter que provar que ainda tem capacidade para tamanho desafio. O medalhão tem moral com Tite, mas precisa representar em campo no ano que vem.

2. Gabigol – Flamengo

Gabriel Barbosa Seleção Brasileira Flamengo
Gabigol ainda não convenceu com a camisa da Seleção Brasileira. / Wagner Meier/GettyImages

Principal goleador em atividade no Brasil na atualidade, Gabriel Barbosa se firmou como o nome mais importante do Flamengo e do futebol nacional nas últimas temporadas. Com isso, o camisa 9 conseguiu uma vaga na Seleção, mas, até o momento, ainda não convenceu.

Se quiser ir para o Mundial, o atacante vai ter que manter o ritmo no Fla – ou em outro clube – e crescer de produção na Amarelinha no próximo ano.

3. Everton Cebolinha – Benfica

Everton Cebolinha Brasil Benfica
Everton Cebolinha vem ganhando espaço no Benfica. / Gualter Fatia/GettyImages

Everton Cebolinha se destacou nos últimos anos como uma das grandes figuras do Grêmio, onde conquistou títulos e apareceu como um dos nomes mais promissores do Brasil. Em alta, o atacante chegou à Seleção Brasileira e até brilhou na Copa América de 2019.

Depois, já no Benfica, o elétrico atacante caiu de produção e desapareceu das listas de Tite. Ele vai ter que jogar muito em 2022 para ir para a Copa.

4. Philippe Coutinho – Barcelona

Philippe Coutinho Barcelona
Philippe Coutinho precisa reencontrar o seu futebol no Barcelona. / Aitor Alcalde Colomer/GettyImages

Philippe Coutinho voltou a Seleção Brasileira recentemente, mas não ganhou muitos em campo e não chamou atenção. Aos 29 anos, o meia-atacante não se encontrou no Barcelona e é outro que vai ter que correr atrás do tempo perdido se quiser disputar o Mundial do ano que vem.

O ex-Vasco tem talento, mas não o mostra há muito tempo. 2022 vai ser decisivo, inclusive, para a sequência de sua carreira...

5. Vinícius Júnior – Real Madrid

Real Madrid Vinicius Junior
Vinícius Júnior é um dos craques do Real Madrid no momento. / Denis Doyle/GettyImages

Vinícius Júnior é o melhor jogador do Brasil em atividade na Europa na atualidade, mas, ainda assim, não tem vaga garantida na Seleção – e muito menos na Copa do Mundo. Cria do Flamengo, o destaque do Real Madrid vai precisar manter o alto desempenho no próximo ano para superar os concorrentes e fincar sua bandeira no esquadrão verde e amarelo.

6. Richarlison – Everton

Richarlison Everton
Richarlison é peça-chave no Everton, mas ganhou concorrentes de peso no Brasil. / Robbie Jay Barratt - AMA/GettyImages

Embora conte com a confiança de Tite, Richarlison viu as “sombras” aumentarem para ele na Seleção e vai ter que defender sua vaga no elenco tupiniquim em 2022. Raphinha, Antony e companhia pretendem correr muito nesta corrida rumo Catar. E alguém vai ficar para trás...

7. Guilherme Arana – Atlético-MG

Guilherme Arana Seleção Brasileira
Qual vai ser o lateral-esquerdo da Seleção Brasileira na Copa do Mundo? Arana quer ir ao Catar. / Pedro Vilela/GettyImages

A Seleção Brasileira conta com bons laterais-esquerdos, mas nenhum é dono absoluto do setor, notando que Renan Lodi e Alex Sandro não aparecem como uma unanimidade. E é aí que entra Guilherme Arana, do Atlético-MG. Em alta na América do Sul, o lateral quer disputar a Copa do Mundo e vai chegar com tudo em 2022.

8. Lucas Veríssimo – Benfica

Lucas Verissimo Benfica
Lucas Veríssimo se machucou e vai voltar poucos meses antes do Mundial. / Quality Sport Images/GettyImages

Lucas Veríssimo foi convocado e fez boas atuações com a camisa da Seleção Brasileira, mas se machucou e vai ficar meses fora dos gramados. Ex-Santos, o zagueiro do Benfica deve voltar aos trabalhos apenas em meados do ano que vem, ou seja, pouco antes da Copa do Mundo.

Para recuperar terreno, o defensor vai ter que jogar muito nos meses que antecederão o Mundial.

9. Gerson – Olympique de Marseille

Gerson Olympique de Marseille
Gerson caiu muito de produção desde sua saída do Flamengo. / Anadolu Agency/GettyImages

Gerson foi um dos destaques do Flamengo no passado recente, mas se mudou para o Olympique de Marseille neste ano e ainda não conseguiu encontrar sua melhor versão. Aos 24 anos, o Coringa também não vem bem na Seleção.

Portanto, ele vai ter que melhorar muito no clube e na Canarinha se quiser ir ao Catar no final do próximo ano.

facebooktwitterreddit