Copa do Mundo 2022

9 dias para a Copa do Mundo: com 9 gols, Ademir de Menezes é o maior artilheiro do Brasil em uma única Copa

Matheus Nunes
Arte: Eduardo Fricks
Arte: Eduardo Fricks /
facebooktwitterreddit

Dono de uma arrancada incrível e considerado um dos maiores atacantes de sua época, Ademir de Menezes fez história pelo Vasco e também brilhou com a camisa da Seleção Brasileira, principalmente na Copa do Mundo de 1950.

Foi no Mundial daquele ano, realizado no Brasil, que o ex-jogador, já falecido, alcançou uma marca que ainda não foi superada até os dias atuais. Artilheiro do torneio, o centroavante estufou as redes nove vezes em seis jogos, sendo o brasileiro com mais gols pela Canarinho em uma única edição de Copa. De lá pra cá, embora o Brasil tenha conquistado cinco vezes a competição, nenhum atleta do país conseguiu superar o feito.

O recorde de Ademir de Menezes jogo a jogo

24/06/1950 - 1ª fase - Brasil 4 x 0 México - 2 gols
28/06/1950 - 1ª fase - Brasil 2 x 2 Suíça - nenhum gol
01/07/1950 - 1ª fase - Brasil 2 x 0 Iugoslávia - 1 gol
09/07/1950 - fase final - Brasil 7 x 1 Suécia - 4 gols
13/07/1950 - fase final - Brasil 6 x 1 Espanha - 2 gols
16/07/1950 - fase final - Brasil 1 x 2 Uruguai - nenhum gol

O nono gol, que garantiu o recorde para Ademir, teve algumas controvérsias e só foi reconhecido pela Fifa há pouco tempo. Aos 13 minutos do primeiro tempo da partida diante da Espanha pela fase final do torneio, o atacante finalizou e a bola desviou no zagueiro Parra, abrindo o placar na goleada da Seleção Brasileira por 6 a 1. O gol inicialmente foi creditado como contra e só foi reconhecido como de Ademir recentemente.

Ademir atuou 41 vezes pela Seleção Brasileira, com 30 vitórias, cinco empates e seis derrotas. Ao todo marcou 37 gols. Apesar dos bons números na Copa de 1950, o jogador não conquistou o troféu e o título foi para o Uruguai, que derrotou o Brasil em pleno Maracanã.

Os demais artilheiros do Brasil em uma única Copa

2002 - Ronaldo (8 gols)
1938 - Leônidas (7 gols)
1970 - Jairzinho (7 gols)
1958 - Pelé (6 gols)
1986 - Careca (5 gols)
1994 - Romário (5 gols)

facebooktwitterreddit